“Quem tem boca vai à Roma.” É isso que o ditado popular diz. Roma é conhecida como a cidade eterna, o berço da sociedade moderna, assim como, o lugar onde foram tomadas as decisões mais importantes de nossa sociedade, que ainda engatinhava, em meados dos anos 500 a.C. Mas você sabia que até a água de Roma é especial?

Sendo o berço da República e do estilo de sociedade que temos hoje, a Roma Antiga foi uma civilização que sobreviveu por 12 séculos, transitando entre a monarquia, república oligárquica e até um vasto Império que dominou toda a Europa Ocidental.

Não é à toa que a cidade é dotada de uma arquitetura magnânima, que inspira arquitetos e artistas até os dias de hoje. Uma das obras arquitetônicas mais famosas é a Fontana di Trevi, que ainda é abastecida pelo único aqueduto antigo que funciona em todo o mundo. E aqui, chegamos ao cerne desse texto.

A ÁGUA DE ROMA: REALMENTE, UMA CIDADE ESPECIAL

Ir à Roma é uma experiência única, especial e incrível. Caminhar pelas ruas dessa pérola italiana é uma das melhores formas de aproveitar a cidade, afinal de contas, existe muita história em todos os lados, até mesmo na água! A água de Roma, pura e abundante, que vemos pela cidade é fruto de uma revolução extremamente antiga.

Em cerca de 312 a.C., os romanos democratizaram a água através da criação de onze incríveis aquedutos. Unindo os maiores gênios da engenharia, arquitetura e hidráulica da época, os líderes da República Romana conseguiram colher água mineral das montanhas e distribuir em 2.500 pequenas fontes espalhadas por toda a cidade.

Além de um espetáculo de democratização de um bem tão precioso quanto a água, as fontes também são verdadeiras obras de arte, como é o caso da já citada Fontana de Trevi. Ela que hoje é abastecida pelo único aqueduto ainda funcional: o aqueduto virgem.

A GERAÇÃO SAÚDE NASCEU MUITO ANTES DO QUE SE PENSA

Diz-se que a geração saúde é a que vemos hoje como os Millenials, mas na Roma Antiga, o cuidado com a saúde era quase lei entre os romanos. Tal qual existia um grande investimento estatal na distribuição igualitária de água de Roma, também existia o interesse em investir nos mercados da cidade.

Por isso, o governo estimulava o consumo de produtos vendidos em uma feira local, onde se encontravam frutas e vegetais da estação, plantados por perto, e que não tinham que ser vendidos por atravessadores ou ter de vir de regiões distantes. A feira acontece até os dias de hoje, no quilômetro zero da cidade.

A CIDADE ETERNA E SEUS PEQUENOS PRAZERES

Se você já foi à Roma, já deve ter conhecido alguma das fontes que falamos por aqui, certo? E quem sabe até mesmo já tenha jogado uma moeda na água, fazendo um desejo do fundo do peito!

E é isso que Roma desperta na gente, mais especificamente a Itália: amor e uma sensação incomparável de fascínio!

Você sabia que esse amor e fascínio podem fazer parte, inclusive, de sua família? Mais especificamente de suas raízes! Grande parte da população brasileira possui raízes italianas, e em você pertencendo a uma delas, tem direito de reconhecer sua cidadania italiana, sendo dotado então, de dupla cidadania!

Se tem dúvidas sobre como funciona esse processo, ou se deseja saber mais detalhes sobre esse direito, fale conosco no contato@cidadania4u.com.br

Nossa equipe de atendentes está te esperando por lá, prontos para te responder qualquer questão que tenha, assim como, ávidos para te ajudar!

Confie o seu processo à uma assessoria que entende do lidar com o Consulado italiano. Confie-o à Cidadania4u!

Nos falaremos em breve! Um grande abraço e até o próximo texto 😛