Você sabia que o Latim surgiu na Itália? Originalmente falada em Lácio, uma região que ficava ao redor de Roma, o Latim é uma língua que surgira no centro da península italiana, e se alastrou por toda a Europa Ocidental. Entenda um pouco mais dessa língua mais abaixo.

Mesmo que hoje seja considerada uma língua morta, portanto, que não tem mais falantes nativos, o Latim ainda é aplicado pela Igreja Católica, para fins burocráticos e rituais. Assim como, é uma língua estudada por diversos curiosos, que desejam entender um pouco mais da sua língua nativa.

Pelo Latim ter sido difundido por grande parte da Europa, ele se modificou, e acabou gerando uma série de outras línguas, como o romanche, romeno, português, espanhol, francês, e por fim – o Italiano!

Muitas palavras faladas no Italiano e no Português se parecem, por conta dessa ancestralidade em comum das duas línguas. Até mesmo no Inglês existem alguns traços de Latim.

O LATIM QUE ESTÁ PRESENTE NO NOSSO DIA A DIA

No Direito existem muitas expressões vindas do Latim, e essas são nomenclaturas que definem princípios jurídicos, estudos e afins. Abaixo, separamos algumas frases em latim que podem ter sido vistas em alguma de suas viagens à Itália, ou mesmo que você pode ter encontrado em escrituras religiosas, por exemplo.

Esperamos que goste desse compilado de curiosidades:

  1. CUI BONO: A expressão diz “Quem se beneficia”. Podemos perceber que “Bono” – benefício – é uma palavra ainda muito utilizada. No dia a dia podemos notar o “Pro bono”, ou mesmo uma palavra descendente dessa – o bônus!
  2. CORVUS OCULUM CORVI NON ERUIT: Numa tradução direta teríamos “um corvo não arranca o olho de outro corvo”, e diz respeito ao comportamento solidário entre pessoas de grupos similares, ainda que seja meramente por serem de mesmo grupo. Esse tipo de atitude é muito visto em grupos de militância e manifestações;
  3. CARTIGAT RIDENDO MORES: “A Moral se corrige sorrindo”. O lema foi muito usado por Jean de Santeul, um poeta que queria mostrar que o melhor jeito de mudar as regras seria apontando quão absurdas elas eram;
  4. BRUTUM FULMEN: O mesmo que “Raio sem Sentido”. É o que os romanos usavam quando se referiam a uma ameaça que não tinha qualquer sentido, era vazia ou mesmo inofensiva;
  5. CARTHAGO DELENDA EST: Muito usada durante o período de guerra entre Roma e Cartago, significa “Algo precisa ser feito” ou “Uma ação deve ser tomada”. A tradução direta era “Cartago deve ser destruída”, mas acabou tomando outra interpretação com o passar do tempo;
  6. CARPE NOCTEM: Carpe Diem é muito difundida como “Viva a vida”, mas na verdade significa “aproveite o dia”. Carpe Noctem é “Aproveite a Noite”. A frase era usada para incentivar as pessoas a usarem melhor o tempo livre que tinham durante o entardecer, fazer algo bom à noite para comemorar um dia produtivo;
  7. BARBA TENUS SAPIENTES: “Tão sábio quanto sua barba”, esse era o julgamento dado aos que pareciam espertos, mas na verdade, não eram inteligentes em nada. Uma outra versão seria – “barba non facit philosophum”, que seria “uma barba não faz filósofo”;
  8. AURIBUS TENEO LUPUM: Em situações insustentáveis ou muito arriscadas, se falava “Auribus Teneo Lupum”, que seria “Segurando um lobo pelas orelhas”. É o nosso equivalente a “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”;
  9. VOX NIHILI: A expressão tem por significado “a voz de nada”, aponta alguma fala que não fes sentido algum, ou mesmo que apresenta erros textuais. Quando a mensagem está distorcida – “vox nihili” é uma frase que se encaixa perfeitamente;
  10. FELIX CULPA: Essa expressão, assim como muitas outras em latim, tem certo cunho religioso. O significado dela é “Culpa feliz”, e tem relação com o conto de Adão e Eva. Em resumo, fala sobre desastres que acabam de uma maneira surpreendente e ainda trazem consigo benefícios. A nossa versão no português poderia ser “Há males que vêm para o bem”.

Essas são 10 frases que separamos aqui para você, de certo, com base delas, você já pode perceber como o português tem grande similaridade com o latim, certo? Na estrutura da frase, nas palavras, e até mesmo na organização das letras dentro de cada palavra.

De toda forma, até mesmo as raízes da língua nativa aqui do Brasil, vem lá da Itália, onde o Latim nasceu. Isso é simplesmente incrível, não?

CONHECER A LÍNGUA E A HISTÓRIA DE NOSSO POVO

Você tem cidadania italiana? Quer ela já seja reconhecida ou não, já estudou italiano? Essa língua que é belíssima e divide as raízes originárias com a nossa, é uma das mais estudadas nos dias de hoje.

Aprender italiano é dar valor às nossas origens, enquanto descendentes. O mesmo vale para o reconhecimento da cidadania de nossos ancestrais. Se você deseja dar esse passo, reconhecer a origem de sua família, e ainda ter acesso a diversos benefícios unicamente alcançados através da cidadania italiana – fale conosco aqui da Cidadania4u.

Podemos te ajudar em todo o processo de reconhecimento da cidadania, desde a pesquisa genealógica, até mesmo a preparação documental e finalização com o agendamento do passaporte italiano. Tudo isso, com um acompanhamento ao vivo, na palma de suas mãos, por meio de nosso aplicativo!

Fale com nossa equipe de especialistas no contato@cidadania4u.com.br e entenda melhor como a nossa assessoria funciona! Esperamos o seu contato desde já, ok?

Um grande abraço e até mais!