Primeiro de Maio de 1994, Bolonha, Itália. Esse foi o dia e o local da morte de Ayrton Senna, onde o carismático piloto brasileiro acabou por perder o controle do carro e saiu da pista numa curva a mais de 200 quilômetros por hora. É nesse mesmo dia e ano após ano Bolonha tem o Ayrton Day. Saiba detalhes nesse texto.

Há 25 anos, nosso mundo perdia um corredor brasileiro, no autódromo italiano de Ímola. Acumulando três títulos no decorrer de sua vida, Ayrton Senna é lembrado pelos anos de 1988, 1990 e 1991. Foi um dos primeiros pilotos a investirem verdadeiramente em preparação física para pilotagem.

Ele unia tanto virtudes intelectuais, de conhecimento físico e vetorial, quanto aptidões braçais para guiar seus carros. Não é à toa que hoje, é conhecido, repeitado e lembrado internacionalmente.

A EXPOSIÇÃO EM HOMENAGEM A AYRTON SENNA

Entre 29 de Março e 14 de Abril, a cidade de Asti, no norte da Itália, vai realizar uma exposição em homenagem ao piloto: Ayrton Senna. O evento que foi apresentado inicialmente no Palácio Mazzetti, em 21 de Março, contem mais de 200 relíquias que remontam à vida do personagem brasileiro.

Estamos falando desde fotos da infância até alguns carros que o próprio Senna dirigiu, a exemplo das McLarens das temporadas de 1991 (quando ele ganhou um de seus títulos) e de 1993.

Um dos envolvidos na apresentação é Bruno, sobrinho de Senna, que afirma que o evento tem o intuito de celebrar a vida de seu tio, e não somente relembrar o dia de sua morte.

UMA HOMENAGEM QUE DATA DE MUITO TEMPO

Não foi tão somente nesse ano de 2019, ao completar 25 anos da morte do piloto que a Itália se manifestou a respeito do mesmo. Em 2005, fora criada uma motocicleta para homenagear Ayrton: a F4 1000. Nada poderia ser tão representativo em termos de associação de marcas, já que a motocicleta é o fruto do esforço de uma das marcas mais tradicionais da Itália: a MV Augusta.

Ter uma de suas máquinas levando o nome de um dos melhores, senão o melhor, piloto de Fórmula 1, é realmente algo icônico. A motocicleta fora apresentada ao público em 2005 mesmo, na 63ª edição da Exposição Internacional de Motocicletas de Milão.

Sendo uma edição limitada de apenas 300 unidades, seus ganhos foram em parte guiados ao Instituto Ayrton Senna, para auxiliar na assistência de jovens brasileiros carentes.

O REI DE MÔNACO QUE AINDA VIVE

Se uma pessoa vive para sempre através de seus legados, Ayrton Senna deixou para trás uma instituição que manterá seu nome vívido por muito tempo. A ONG que leva seu nome: a Instituição Ayrton Senna. É exatamente essa a instituição que motiva o governo da cidade de Asti a realizar a exposição em homenagem ao ex-piloto Ayrton Senna.

Durante os 15 dias de mostra, o governo unirá fundos para investir na ONG do piloto que faleceu no grande acidente do circuito de Ímola, em busca do Grande Prêmio de San Marino.

UM ELO COMO TANTOS OUTROS

Quer seja em vida ou após sua morte, nos dias de hoje, Ayrton Senna é mais um dos elos icônicos que unem a história do Brasil e da Itália. Em todos esses séculos de colonização, parcerias econômicas e apoio nas mais variadas situações, ambos os países vêm mostrando uma união incomparável.

É por essas e outras, que famílias com dupla cidadania surgem em todo o território de ambos os Estados. Se você é parte de uma família que tem raízes em ambos os países: orgulhe-se! Você é parte de uma história única e incrível!

Também deve saber, à essa altura, que tem direito de ter tanto à cidadania brasileira, quanto à italiana. Possibilitando a você ter acesso a todos os benefícios do bloco econômico do Mercosul e da União Europeia. Incrível, não?

Bem, se você deseja saber mais detalhes a respeito disso, assim como, se desejar ter acesso aos citados direitos, fale conosco no contato@cidadania4u.com.br.

Nossa equipe de especialistas ficará contente em receber o seu contato com os pormenores de sua história. Saiba mais sobre como podemos te ajudar! Fale com nossos profissionais agora mesmo!

Nos falamos em breve! Até mais!