No Brasil, boa parte da população é de descendência italiana, e o que muita gente ainda não sabe é que isso lhes dá o direito de pedir a cidadania italiana, ficando assim com uma dupla cidadania.

A Itália além de ser um país belíssimo, oferece ainda uma excelente qualidade de vida, estando hoje entre os melhores países da Europa para se morar, além de ser um grande atrativo para os turistas.

Se o seu sonho é viajar para a Europa com maior facilidade, saiba que possuir a dupla cidadania pode te ajudar, além de te oferecer ainda inúmeros outros benefícios.

Para quem tem um sobrenome italiano pode ser muito mais fácil pedir a cidadania, porém, esse não é o único critério que estabelece quem tem esse direito, assim, mesmo quem não possui um sobrenome característico pode pedir a cidadania.

Conheça a seguir cada detalhe sobre como solicitar a cidadania italiana, quais os documentos necessários, quanto custa e as vantagens que a dupla cidadania pode te proporcionar.

Vamos apresentar aqui um guia completo sobre como retirar a sua cidadania italiana, explicando passo a passo tudo o que você precisa fazer nesse processo que, apesar de longo, vale muito a pena ser concluído.

O que é a cidadania italiana?

Além de ser um cidadão brasileiro você pode ser também um cidadão italiano, ou seja, possuir os mesmos deveres e direitos de uma pessoa nascida na Itália, independente se você mora no país ou não.

Isso é o que chamamos de cidadania, ou melhor, dupla cidadania, caso você seja também um cidadão brasileiro.

Cada país pode apresentar critérios específicos na hora de conceder a cidadania a uma pessoa, porém, no caso da Itália, possuir antecedentes italianos e ter como comprovar isso já pode ser o suficiente.

Isso ocorre, pois, no caso da Itália, o principal critério para se obter a cidadania é o chamado jus sanguini, ou seja, possuir o sangue de um italiano, independente das gerações que já tenham se passado.

Se você é descendente de italiano e ficou interessado em tirar a sua cidadania, então acompanhe todas as informações que vamos trazer aqui para você, e saiba o passo a passo desse processo.

Quem tem direito a cidadania italiana?

Como já mencionamos aqui, o principal critério para obter a cidadania italiana é denominado jus sanguini, segundo o qual, é necessário possuir sangue de italiano, independente da sua geração.

Assim, todo cidadão italiano passa a cidadania para seus descendentes, por isso, se o seu avô, bisavô, tataravô, ou qualquer outra pessoa de ascendência direta nasceu na Itália, então você pode pedir a sua cidadania.

Quem é descendente de italiano costuma ter um sobrenome característico do país, facilitando ainda mais na hora de dar início ao processo de pedido da cidadania italiana.

Vale ressaltar mais uma vez que esse é o critério da Itália, de forma que para outros países da Europa a descendência pode não ser o suficiente para pedir cidadania.

Além da descendência, outra forma de obter a cidadania italiana é casando com um cidadão italiano já reconhecido pelo país, sendo essa uma forma ainda mais fácil de obter a sua cidadania.

Se você já sabe que é descendente ou casou com um italiano, então confira a seguir o primeiro passo para fazer o pedido da sua cidadania italiana, e obtenha todos os benefícios que a dupla cidadania pode vir a te oferecer.

Como tirar a cidadania italiana?

Antes de falarmos propriamente sobre como solicitar a sua cidadania italiana, é importante ressaltarmos que esse pode ser um processo longo e cansativo, porém, os benefícios de tirar a sua cidadania vale todo o esforço.

Se você ficou interessado em tirar a sua cidadania, o primeiro passo é procurar pelo consulado da Itália no seu estado, isso se você mora no Brasil.

Pessoas que moram na Itália pode fazer isso de forma muito mais simples, indo diretamente até o órgão responsável pela cidadania.

Depois de buscar pelo consulado, será necessário apresentar alguns documentos que comprovem o nascimento dos seus antecessores na Itália, esses documentos podem variar de acordo com quem é a pessoa da sua família que era natural da Itália.

No caso dos filhos, netos, bisnetos e demais gerações de italianos, os documentos necessários são:

  • Certidão de nascimento, no caso dos filhos de italianos
  • Certidão de óbito, caso o parente italiano não seja mais vivo
  • Certificado de naturalização, caso o seu ascendente tenha se naturalizado
  • Certidão negativa de naturalização, caso ele não tenha se naturalizado
  • Estratto dell’Ato di Nascita do seu antecedente italiano

Já para quem se casou com um italiano, o único documento necessário pode ser a certidão de casamento, a qual precisa ser apresentada no formato original, não sendo aceita a cópia desse documento.

Esses são os documentos para comprovar que você é descendente de um italiano, agora vamos listar aqui os seus documentos pessoais que também podem ser necessários no processo.

  • Certidão de nascimento
  • Ficha de cadastro
  • Formulário de pedido de reconhecimento de cidadania
  • RG
  • Título de eleitor
  • Comprovante de residência atualizado
  • Árvore genealógica elaborada pela própria pessoa que está solicitando a cidadania italiana

Depois de separar todos esses documentos, você pode então enviar o seu pedido para o consulado italiano e aguardar até que você seja chamado.

Existe uma fila de espera, visto o grande número de pedidos de cidadania que são solicitados todos os anos, fazendo desse um processo lento de demorado.

Outra forma de solicitar a sua cidadania é entrando com um processo judicial, sendo essa uma opção muito mais rápida, evitando que o seu pedido passe anos na fila aguardando para ser analisado.

Quanto custa para tirar a cidadania italiana?

Outro fator que não pode ser deixado de lado é o valor que precisa ser pago para que você possa enviar o seu pedido de solicitação da cidadania italiana.

Atualmente estão sendo cobrados 300 euros, isso apenas para que você possa ter o direito de fazer a sua solicitação, de forma que o pagamento do valor não garante que você irá conseguir a sua cidadania.

Dessa forma, esse é um valor que deve ser pago assim que você solicita o seu Formulário de pedido de reconhecimento de cidadania.

Além de pagar essa taxa e esperar anos até que chegue a vez do seu pedido, o mesmo pode demorar de 5 a 10 anos para ser analisado e para que você obtenha uma resposta final, isso quando solicitado no Brasil.

Se você está fazendo o seu pedido de cidadania italiana diretamente na Itália esse processo pode ser muito mais rápido, levando aproximadamente 6 meses para ser concluído.

Por isso, sempre que possível faça o seu pedido de cidadania italiana diretamente no país, pois, apesar de ser um processo de alto investimento, você poderá obter uma resposta de forma muito mais rápida.

Benefícios da dupla cidadania

Apesar de ser um processo longo e demorado, obter a dupla cidadania pode trazer para você uma série de benefícios, os quais listamos a seguir.

  • Obter acesso a qualquer país da Europa de forma muito mais fácil
  • Ter o direito de morar na Europa de forma permanente
  • Direito de trabalhar legalmente na Itália e nos demais países da Europa
  • Acesso a rede de ensino da Itália
  • Não precisar de visto para fazer as suas viagens
  • Ter acesso a qualidade de vida proporcionada pela Itália
  • Passar todos esses benefícios para os seus descendentes

Como você pôde observar, são inúmeras as vantagens que pedir a sua cidadania italiana pode te proporcionar, por isso, se você é descendente de italiano não perca a chance de pedir a sua cidadania.

Principalmente para as pessoas que podem estar fazendo esse pedido diretamente na Itália, essa é uma oportunidade de facilitar as suas viagens e ainda ter o direito a todos os benefícios oferecidos para os cidadãos italianos.

Além de você ter direito a lista de benefícios que apresentamos aqui, você pode passar também para os seus filhos, sendo esse o assunto que vamos abordar a seguir.

Passando a cidadania para os seus filhos

Ao solicitar a sua cidadania italiana você está garantindo benefícios não apenas para você, mas também para os seus filhos e todos os seus descendentes.

Considerando que, na Itália o principal critério para ter acesso a cidadania é ser descendente de um cidadão italiano, quando você obtém a sua cidadania você proporciona aos seus filhos a oportunidade de também serem considerados cidadãos desse país.

Assim, retirar a sua cidadania italiana é dar aos seus filhos a oportunidade de desfrutarem de todos os benefícios de um cidadão italiano, seja com relação ao acesso a educação, acesso a saúde ou a toda qualidade de vida dos países europeus.

Assim, retirar a sua cidadania italiana além de trazer benefícios para você pode ser ainda a oportunidade de investir no futuro dos seus filhos, os quais terão fácil acesso a todos os países da Europa, podendo optar ainda por morar na Itália.

Em um período onde a economia brasileira vem sofrendo inúmeras crises, contar com a estabilidade dos países da Europa pode ser fundamental para quem deseja um futuro promissor.

Por isso, não perca a chance de proporcionar um futuro melhor para você e seus filhos, peça o quanto antes a sua cidadania italiana, seja no Brasil ou de preferência diretamente na Itália.

Principais dúvidas na hora de tirar a cidadania italiana

Até aqui você conheceu as principais informações sobre como obter a sua cidadania italiana, conhecendo as principais ações que você precisa realizar e as dificuldades que você pode encontrar ao longo do processo.

Por fim, vamos esclarecer aqui algumas possíveis dúvidas que podem ter restado, visando deixar você bem informado na hora de tirar a sua cidadania italiana.

  • Ao dar entrada no pedido de cidadania italiana, como serei convocado?

O processo de convocação se dá de forma online, assim, caso você seja convocado o seu nome irá aparecer no site, juntamente com a data e o horário no qual você deve comparecer.

É importante não se esquecer de levar todos os documentos necessários, aumentando as suas chances de obter a cidadania.

  • Algum familiar pode me representar?

Caso você não possa comparecer, você pode fazer uma procuração autorizando que algum familiar te represente.

As pessoas que não comparecerem e não enviarem nenhum representante terão o seu pedido cancelado, podendo fazer um novo pedido posteriormente.

  • A cidadania pode ser passada através das mulheres?

A cidadania italiana é transmitida de homens e mulheres para seus descendentes, não importando assim se o gênero do seu antecedente.

  • Nos casos de cidadania adquirida através do casamento, como fica a situação do cônjuge após o divórcio?

Mesmo após uma situação de divórcio o cônjuge permanece com a sua cidadania, obtendo ainda os mesmos direitos e deveres de um cidadão italiano.

  • Filhos adotivos também tem direito a cidadania italiana?

Sim, os filhos adotivos também têm direito a receberem a cidadania italiana. Para isso, pode ser necessário apresentar uma cópia autenticada do processo de adoção, e todos os documentos referentes ao processo.

  • Posso ter cidadania italiana e morar em outro país?

Sim, a cidadania é concedida para qualquer pessoa que seja nascida na Itália, que seja descendente ou que tenha se casado com um italiano, mesmo que a mesma opte por morar em outro país.

  • A cidadania italiana precisa ser renovada?

Não. Após obter a cidadania ela será válida pelo resto da sua vida, não precisando de nenhum processo de renovação.

Esperamos ter esclarecido aqui as principais dúvidas sobre como obter a sua cidadania italiana, de modo que você possa passar por esse processo com muito mais clareza sobre todas as etapas.

Agora que você pôde ter acesso ao passo a passo de como pedir a sua cidadania italiana, não perca mais tempo e dê entrada no seu pedido o quanto antes. Essa é a sua oportunidade de contar com todos os benefícios que um país como a Itália pode te oferecer.