Um dos acordos que fundamentaram a coalizão do governo italiano atual, envolvia a diminuição do número de parlamentares. Quer sejam deputados ou senadores. Portanto, essa era uma lei que já estava sendo esperada, mas não se tinham muitos detalhes quanto a datas ou qual a dimensão da redução.

Hoje a Itália possui 945 deputados e senadores. Com a nova lei que foi aprovada esse número cairá para 600, sendo uma super redução de 36%! A decisão teve um placar de 553 parlamentares a favor e 14 contra, aprovando de forma definitiva a vigência do projeto.

O texto da lei prevê que a quantidade de deputados cairá de 630 para 400, e a de senadores cairá de 315 para 200. A medida não deixou os candidatos brasileiros muito felizes, já que os parlamentares eleitos no exterior caíram de 18 para 12.

A ECONOMIA ESTATAL É O CAMINHO TRILHADO PELA ITÁLIA

Ainda que o governo atual seja considerado de centro-esquerda, o mesmo está dando grandes passos rumo a diminuição do Estado. Esse caminho trilhado está frustrando diversos ítalo-brasileiros que desejavam concorrer a vagas no próximo pleito, e já até mesmo trabalhavam em suas campanhas.

Com a diminuição de 6 vagas, a disputa fica ainda mais acirrada. Em 2018, apenas 2 italianos residentes no Brasil conseguiram se eleger, que foi o Luis Roberto Lorenzato e o Fausto Longo.

Como a lei é uma reforma constitucional, existem alguns passos a serem seguidos antes que as mudanças sejam sentidas na prática. Um quinto de ao menos uma das casas do Parlamento, assim como 500 mil eleitores ou cinco assembleias legislativas podem pedir um referendo sobre o tema dentro de 3 meses depois da publicação no Diário Oficial.

Aguardemos para ver quais as consequências dessa grande mudança na Itália!

GRANDES MUDANÇAS ESTRUTURAIS NA ITÁLIA

Claramente essa é uma mudança das grandes para a Itália. Um passo concreto para reformar as instituições públicas, e que pode trazer grandes benefícios para a sociedade. Todos nós aqui da Cidadania4u estamos ansiosos para saber como isso irá influenciar o futuro do país!

E você, o que acha dessa mudança? Pensa que foi um passo positivo para a Itália? Conta pra gente aqui nos comentários o que você acha disso, e se acha plausível que uma medida semelhante seja aplicada aqui no Brasil, ainda que reduza, de certa forma, a representatividade.

E lembre sempre: nossa equipe está aqui de plantão no escritório esperando seu contato no nosso e-mail para te ajudar em qualquer processo burocrático que você precise! Manda uma mensagem pra gente no contato@cidadania4u.com.br e saiba em detalhes como podemos te ajudar!

Um grande abraço e até mais!