O Carnaval brasileiro se aproxima com rapidez, mas o de Carnaval de Veneza já deu as caras e encanta todos que lá presenciam os espetáculos. Desde o Sábado dia 17 de Fevereiro as ruas de Veneza se enchem de beleza e luz, e será assim até dia 5 de Março. Quer saber mais sobre esse lindo carnaval e sua história? Leia e descubra em detalhes.

Achava que o Carnaval de Salvador ou de Olinda eram famosos? Não não! O Carnaval de Veneza não somente é um dos maiores do mundo como também é um dos mais tradicionais e mais aclamados. Quer seja pelos bailes de gala, as máscaras e fantasias, ou mesmo a ocupação das ruas da cidade. Tudo isso torna Veneza um grande palco onde os protagonistas são os próprios habitantes.

Abaixo falaremos desde a origem até mesmo as curiosidades do Carnaval de Veneza! Esperamos que goste (:

DE ONDE VEM O CARNAVAL DE VENEZA?

carnaval de veneza

Momento de festa e celebração, todo e qualquer Carnaval costuma ser vinculado a uma emoção de felicidade, sucesso e realização. No caso de Veneza, surgiu com uma faz famílias mais potentes da cidade: os Falier. Vitale Falier instituiu que antes do início da quaresma, a população teria direito à usufruir de um período de jogos, diversão pública e brincadeiras.

Isso foi há muitíssimo tempo: nos altos de 1094! Os romanos já praticavam esse tipo de festa, e chamavam de Saturnali. Mas diferente desses, os italianos não estavam aqui desejando celebrar deuses, mas sim as próprias relações humanas.

Foi somente em 1296, mais de 200 anos depois da instituição do carnaval de Falier que a população viu um decreto que tornava o evento algo oficial. Ainda que o mesmo decretasse o carnaval como o último dia antes da quaresma, a população já festevava desde Dezembro.

Foi daí que profissões e famílias como os “mascareri” surgiram, que eram os artesãos que produziam máscaras e famílias para os foliões. Essa, se tornou uma das mais nobres da região com tal atividade!

O ABANDONO DAS IDENTIDADES!

Curioso para saber como a Família Mascareri subiu tanto de vida com a produção de Máscaras? Bem, em meio à euforia do carnaval e tudo o que ele incorporava, veio uma necessidade cada vez maior de abandonar a própria identidade e os tabus sociais. O anonimato permitiria aos venezianos serem quem quisessem por todo o carnaval, e que melhor forma se não com máscaras!

Os homens usam Bautas, que são roupas que cobrem todo o corpo, assim como uma máscara no rosto. O objetivo dessa máscara também era mudar a voz de quem a utilizava.

As mulheres iam as ruas de Moretta, que é uma máscara de veludo oval. No seu caso, reinava o silêncio, já que a máscara era presa ao rosto por um botão dentro da boca, as impedindo de falar.

Tanto anonimato, por alguns momentos, gerava um pouco de caos, onde alguns atos imorais ocorriam, até pequenas ações criminais. Por conta disso, as máscaras foram proibidas em um período da noite, mas depois logo foram liberadas novamente.

AS BRINCADEIRAS DO CARNAVAL EM VENEZA

Como a palavra de lei sempre foi se divertir, o Carnaval era cheio de jogos e brincadeiras. Tudo isso era coordenado por uma associação chamada “Compagnia della Calza”. Os jogos costumavam envolver desde pirâmides humanas, corridas, competições, músicas, mímicas e artistas de todo tipo pelas ruas.

Foram exatamente essas brincadeiras e essa vivacidade que atraíram Giacomo Casanova e Carlo Goldini para o carnaval veneziano. Ambos, grandes escritores aventureiros que desejavam viver em meio aos bailes e aos jardins onde os mascarados realizavam suas fantasias carnavalescas.

Foi daí que ambos os personagens conseguiram escrever grandes obras baseadas na realidade veneziana.

A QUEDA E O RETORNO DO CARNAVAL

A festa teve sua ressaca quando Napoleão chegou em 1797, pondo fim ao anonimato e à liberdade do carnaval, permitindo apenas que as festas se dessem em casas privadas e nas ilhas afastadas de Murano, Burano e Torcello.

Foi somente 2 séculos depois que o carnaval voltou pelas mãos de um grupo de cidadãos que invadiu as ruas trazendo as tradições à vida. Hoje o carnaval atrai foliões do mundo inteiro, quer seja protagonistas ou observadores.

A praça São Marcos fica sempre lotada de pessoas vestidas a caráter, todas as roupas muito incríveis, detalhadas e parecendo que saíram de outro mundo.

JÁ PENSOU EM VIVER ESSA MAGIA?

A Itália tem uma história incrível, e se você faz parte dela, porque não celebrar essa magia? Quer seja você um Mascareri, Falier, ou qualquer outra família italiana, essa é a sua raiz, esse é o país de onde os seus ancestrais viera. Que tal honrar sua ascendência e celebrar seu italianismo?

Nós da Cidadania4u existimos com o propósito de ajudar você, descendente de italianos, a gozar de todos os direitos que sua cidadania pode lhe conferir. Quer seja o direito de morar em solo italiano, ou em qualquer outro país da União Europeia, ou mesmo os benefícios profissionais e acadêmicos de uma dupla cidadania.

Que tal nos chamar para uma conversa lá no contato@cidadania4u.com.br? Assim poderemos juntos analisar bem o seu caso e saber como nossa empresa pode te ajudar a alcançar seu sonho!

Fale com a gente! Nossa equipe de profissionais está te esperando desde já (: