Estudar em Portugal: a escolha da instituição superior de ensino pode ser um desafio quando não conhecemos os perfis da universidades

A possibilidade de estudar em Portugal costuma ser bem mais vantajosa para cidadãos. Do contrário, as taxas são mais altas e muitos alunos ficam na dependência de uma bolsa de estudos para conseguir concluir o curso desejado. 

Como funciona o Enem em Portugal?

Embora muitas universidades de Portugal aceitem a nota do Enem desde 2014, para cidadãos o convênio não é o mais vantajoso devido às altas taxas cobradas pelas instituições, especialmente devido ao câmbio que, no cenário tem a moeda brasileira em sucessivas ondas de desvalorização. 

Para aqueles que possuem a cidadania Portuguesa, os preços praticados são para cidadãos, ou seja, mais baixos. Esses valores vão variar de acordo com com cada instituição de ensino. 

Para Facilitar a sua escolha, separamos as 10 melhores instituições para quem deseja obter a dupla cidadania para estudar em Portugal. 

 Qual é a melhor Faculdade de Portugal?

A primeira do elaborado pelo QS World University Rankings é a Universidade de Lisboa. A plataforma utiliza uma estrutura metodológica que compilada seis métricas simples para  capturar o desempenho da universidade. São elas: reputação Acadêmica; reputação do empregador; proporção professor / aluno; citações por corpo docente; proporção internacional de docentes; e proporção de estudantes internacionais.

A seguir, as 10 melhores universidades do país para quem deseja estudar em Portugal.

1 – Universidade de Lisboa 

Estudar em Portugal

Fundada em 1290, Universidade de Lisboa (ULisboa) é considerada a melhor universidade do país e o sonho de muitos que desejam estudar em Portugal. Trata-se de uma universidade pública, cuja sede fica em Lisboa. 

A instituição de ensino possui vários polos espalhados pela cidade e é a maior universidade do país em relação ao número de estudantes matriculados. Em 2017, foi a universidade portuguesa mais bem colocada no Ranking de Xangai.

2- Universidade do Porto

Estudar em Portugal

A Universidade do Porto está entre as 300 melhores universidade do mundo. Fundada em 1911, a instituição se destaca em campos como Farmácia, Economia e Educação.

Um dos focos da instituição é melhorar o processo de internacionalização. Mesmo tendo cidadania portuguesa, para quem deseja estudar em Portugal, a universidade oferece um ambiente multicultural que favorece as soft skills, tão necessárias para o mercado de trabalho contemporâneo. 

A universidade possui disciplinas ministradas em inglês e parcerias com universidades estrangeiras. Atualmente, a Universidade tem cerca de 4.000 alunos internacionais, que representam mais ou menos 13% da comunidade acadêmica.

3 – Universidade de Coimbra 

Estudar em Portugal

Fundada em 1290, a Universidade de Coimbra conta com três campi, mais de 25 mil estudantes, o seu próprio Jardim Botanico, museus e mais de 340 cursos em todas as áreas do conhecimento. 

Os cursos contemplados são oriundos das faculdades de Letras, Direito, Medicina, Ciências e Tecnologia, Farmácia, Economia, Psicologia e de Ciências da Educação, Ciências do Desporto e Educação Física, Colégio das Artes, Instituto de Investigação Interdisciplinar, Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde. 

Além disso, a instituição de ensino possui o maior polo de alunos internacionais de todo o país, ideal para quem deseja estudar em Portugal e viver em um ambiente multicultural. 

4 – Universidade do Minho 

Estudar em Portugal

A Universidade do Minho é jovem, foi fundada em 1973. Atualmente, possui cerca de 20 mil alunos matriculados e é ideal para quem tem o perfil mais conservador. Com grande influencia militar e católica, a instituição focaliza em pesquisas nas áreas das humanidades e das ciências exatas.

Concentra as faculdades de Arquitetura, Arte e Design, Escola de Ciências, Escola de Direito, Escola de Economia e Gestão, Escola de Engenharia, Escola de Letras, Artes e Ciências Humanas, Escola de Medicina, Escola de Psicologia, Escola Superior de Enfermagem, Instituto de Ciências Sociais, Instituto de Educação, Instituto de Investigação I3Bs.

5 – Universidade de Aveiro

Estudar em Portugal

A Universidade de Aveiro é uma instituição pública de ensino. Atualmente, possui mais de 17 mil alunos de graduação e pós-graduação, dos quais 9% são alunos internacionais. Esta é mais uma instituição fértil para quem deseja estudar em Portugal e contar com um ambiente múltiplo com uma diversidade de nacionalidades distintas. 

A comunidade acadêmica compreende ainda cerca de 1400 docentes e pesquisadores e 630 quadros técnicos, administrativos e gerenciais. A Universidade de Aveiro possui uma das melhores estruturas para a pesquisa científica do pais e já foi considerada uma das 150 melhores instituições de ensino pela revista Times

6 – Instituto Politécnico do Porto 

Estudar em Portugal

As raízes do Instituto Politécnico do Porto remontam da data de 1852, quando foi fundada a Escola Industrial do Porto, mais tarde designada por Instituto Industrial e Comercial do Porto. 

Atualmente, o Instituto conta com oito escolas distribuídas por três campi, onde diariamente estudam, investigam, ensinam e inovam milhares de pessoas.

7 –  Universidade do Algarve

Estudar em Portugal

A Universidade do Algarve (UAlg) é a instituição de Ensino Superior de referência do Sul de Portugal. Reconhecida pela excelência da investigação, qualidade do ensino e  relações estreitas que estabelece com a sociedade, a UAlg disponibiliza cursos em diversas áreas de formação e conta com amplos espaços, infraestruturas e equipamentos que proporcionam excelentes condições de estudo, trabalho, investigação e socialização.

A universidade é pequena, possui pouco mais de 700 alunos matriculados. Mesmo assim tem seu projeto de internacionalização por meio de um dos melhores bolsas da Europa,  Erasmus Mundus. Para quem deseja estudar em Portugal, é importante saber que a instituição possui mais de 70 países representados em seus alunos.

8 – Universidade da Beira Interior – UBI

Estudar em Portugal

As Faculdades da UBI contam com mais de 8 mil alunos ao todo. Fundada em 1986, já é considerada uma das melhores universidades da Europa e está na posição 150 do ranking  150 das melhores universidades do mundo.

Para quem deseja estudar em Portugal, a universidade oferece unidades orgânicas cujo objetivo é integrar os espaços acadêmicos entre as diversas áreas do conhecimento. 

9 – Instituto Universitário Lisboa

Estudar em Portugal

O Instituto Universitário de Lisboa  é uma instituição pública de ensino universitário criada em 1972. A instituição conta como áreas de ensino e investigação que se dividem em quatro faculdades: Escola de Ciências Sociais e Humanas (ECSH); Escola de Sociologia e Políticas Públicas (ESPP); Escola de Gestão (IBS); Escola de Tecnologias e Arquitetura (ISTA). 

Com mais de 10 mil estudantes em programas de graduação (44%) e pós-graduação (56%), 390 docentes (ETI), 390 investigadores a 100% e 270 funcionários não docentes. Com forte procura, o Iscte tem sempre preenchido a totalidade das vagas disponíveis e apresenta uma elevada taxa de empregabilidade dos seus diplomados, atingindo, na maioria das áreas, resultados próximos de 100%. 

Para quem deseja estudar em Portugal e permanecer na Europa, os números da instituição são bem atrativos. 

10 – Instituto Politécnico de Bragança

Estudar em Portugal

O Instituto Politécnico de Bragança (IPB) integra a rede europeia de Universidades de Ciências Aplicadas (European Network for Universities of Applied Sciences, UASNET), cujos objetivos incluem a transferência de competências profissionais e a integração da investigação aplicada na sua missão educativa a nível profissional e tecnológico.

Fundado em 1983, o Instituto é constituído por cinco escolas; quatro no Campus de Bragança e uma em Mirandela: Escola Superior Agrária de Bragança (ESA); Escola Superior de Comunicação, Administração e Turismo de Mirandela (EsACT); Escola Superior de Educação de Bragança (ESE); Escola Superior de Saúde de Bragança (ESSa); Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Bragança (ESTiG).

Atualmente, conta com mais de 8 mil estudantes e mais de 80% do corpo docente do IPB possui doutoramento. O IPB é parte integrante do sistema nacional de ciência e tecnologia, através da existência de unidades e polos de I&D no IPB.

Possui também um programa de  internacionalização que constitui uma das suas atuais apostas estratégicas, conscientes que esta será um fator de diferenciação positiva entre instituições de ensino superior.