Para algumas pessoas, ser cidadão de um país e morar fora dele pode ser algo doloroso. Para nós que temos dupla cidadania, estamos fadados sempre a estar longe de uma de nossas nações, quer seja do Brasil ou da Itália. Por vezes até longe dos dois. E de acordo com Moavero, isso é algo louvável.

O Ministro das Relações Exteriores da Itália, Enzo Moavero, considera que os cidadãos italianos que vivem fora da Itália são “testemunhas da pátria” e que “grande parte da reputação da Itália no mundo depende dessas comunidades”. E ele claramente está certíssimo.

Devemos sempre lembrar que os cidadãos italianos presentes no exterior somam em mais de 6 milhões. 10% da população que vive dentro das fronteiras da República. O ministro ressalta que são esses os cidadãos que levam a Itália para o resto do mundo, e são também essas pessoas que disseminam a cultura italiana.

A PRESENÇA ITALIANA QUE AQUECE A ITÁLIA DE LONGE

Por conta dessa presença no exterior, tanto os italianos reconhecidos quanto as famílias de descendentes acabam por importar itens diretamente da Itália, disseminar a cultura e consequentemente, aquecer o mercado italiano.

“Continuamos a ser uma presença animada em setores considerados positivos. Em todos os lugares há uma presença italiana, não só vejo muitos descendentes italianos ocupando posições importantes, mas mesmo onde há uma presença limitada, há um desejo positivo pela Itália”, declara o ministro.

No que concerne ao Brasil, não precisamos nem citar que o nosso presidente é descendente de Italianos, da família Bolzonaro, que vem da região de Vêneto, das províncias de Rovigo e Podova.

UMA REPRESENTATIVIDADE QUE CORRE EM NOSSAS VEIAS

Essa declaração que foi dada durante o discurso de abertura da Assembleia do Conselho Geral de Italianos no Exterior, na Farnesina, tem como destinatário todos nós que possuímos a italianidade correndo em nossas veias. Quer sejamos nós descendentes diretos de italianos, ou vindos de uma longa linhagem que data dos imigrantes que ajudaram a construir o Brasil.

De uma forma ou de outra, como bem falou Moavero, é nossa responsabilidade manter acesa a chama da cultura italiana, em qualquer que seja o solo que habitamos.

E que melhor forma de mantermos a chama vívida, que reconhecendo nossa cidadania e nos tornando, oficialmente, cidadãos italianos. Enquanto maior população italiana fora da Itália, os brasileiros costumam ter em sua linha de ascendência, italianos.

Se você possui um ancestral italiano e deseja reconhecer sua cidadania por conta disso, existem alguns passos a serem tomados, como a procura de certidões, tradução e apostilamento.

Para te ajudar nesse processo, saiba que pode contar conosco da Cidadania4u. Somos dotados de uma equipe de especialistas em cidadania italiana, assim como profissionais agindo diretamente da Itália.

Tenha certeza de que tem ao seu lado uma equipe que entende de todos os passos do processo e que pode te acompanhar em todas as fases do mesmo. Sabia que agora também temos um aplicativo para que você tenha sempre na palma de suas mãos tudo que acontece de novo em seu processo?

É a Cidadania4u revolucionando o conceito de transparência no processo de cidadania italiana! Fale conosco no contato@cidadania4u.com.br e faça seu orçamento 😛

 

Photo by Joshua Earle on Unsplash