Vinte três pessoas foram presas em 5 diferentes países, sob acusação de fazerem parte de um grupo de tráfico em larga escala de objetos arqueológicos roubados. Itália, França, Alemanha, Sérvia e Reino Unido – todos esses países sofreram nas mãos dessa organização criminosa, e viram sua história ser roubada. Agora, recuperamos os valiosos itens.

Os acusados dos crimes eram membros de uma organização que saqueava locais históricos que ainda não tinham sido acessados por arqueólogos. Depois dessa invasão e roubo, vendiam os itens encontrados por milhões de euros. A investigação desse crime começou em 2017, procurando combater os saques que aconteciam na Calábria, ao sul da Itália.

A Calábria é particularmente rica em patrimônio antigo, como disseram os representantes da Europol. Por isso a área sofre com incessantes e intensos furtos que alimentam um mercado clandestino de obras de arte.

Por não possuírem total domínio das técnicas, as escavações clandestinas são marcadas pela imensa violência e brutalidade, onde se faz uso de escavadeiras mecânicas que quebram o chão, sem cuidado com as obras.

CÁPSULAS DO TEMPO INVADIDAS POR CRIMINOSOS

Os criminosos, logo depois de suas escavações, saíam com vasos de terracota, broches, joias, pratos pintados, esculturas e muito mais. Tudo isso que podia ter um valor agregado estipulado em vários milhões de euros.

Ainda em se falando da Calábria, pelo fato de sua costa ser pontilhada por antigas e pequenas colônias gregas, o dano causado à herança cultural da Itália por esse grupo é imensurável. Afinal de contas, os mesmos saquearam os sítios arqueológicos por muitos anos.

Por trabalharem em diversas regiões da Itália, assim como de outros países, os criminosos causaram algumas dificuldades aos investigadores. Mas grande parte dos facilitadores foram encontrados, quer seja em Dijon, na França; em Londres; Vrsac, na Sérvia ou em Munique, na Alemanha.

Os 10 mil objetos históricos recuperados são, sem sombra de dúvidas, uma grande vitória, não somente para a polícia, como para toda a nossa sociedade, que agora recebe de volta seus artefatos arqueológicos, e pode estudar um pouco mais sobre o nosso passado.

GARANTINDO A SEGURANÇA DO PASSADO PARA UM FUTURO MAIS CLARO

Ter certeza que temos o nosso passado à salvo, em segurança, e na mão dos profissionais que realmente podem cuidar desses artefatos, é o primeiro passo para que entendamos a nossa história, e possamos ter um futuro muito mais claro. Honrando nossas raízes e valorizando tudo o que nossos antepassados já viveram.

Nós aqui da Cidadania4u somos completamente voltados para isso: o reconhecimento e a honra de nosso passado enquanto descendentes de italianos. Se você possui ascendentes italianos, e deseja reconhecer sua cidadania, fale conosco no contato@cidadania4u.com.br e dê esse passo rumo ao futuro de sua vida e de sua família.

Fale com um de nossos especialistas e entenda mais detalhes de como os nossos serviços funcionam e como nós podemos te ajudar! 😀

Aguardamos o seu contato desde já! Um grande abraço e até breve.

 

Foto de Martin Péchy no Pexels