O presidente da Itália, em seu discurso do final de 2019, exaltou o papel que o encontro de culturas entre as civilizações tem. A participação dos jovens na luta contra a crise climática também foi um dos pontos que o presidente abordou em seu discurso. O pronunciamento, de certo, foi uma boa forma de começar o ano.

Direto da sede da Presidência, em Roma, Sérgio Mattarella deu um discurso com quase 20 minutos de duração, e falou sobre como a Itália deve ser um ponto de encontro entre as civilizações e culturas. “O exterior vê nosso belo país, inclinado sobre o Mediterrâneo, como um dos pontos de encontro da Europa com civilizações e culturas de outros continentes”.

Para o presidente, essa característica geográfica contribuiu para a construção da identidade do país, assim como, é uma grande promotora da harmonia, sabedoria, genialidade e humanidade de seus habitantes.

UM PRESIDENTE QUE APOIA SEUS JOVENS E SUAS MOVIMENTAÇÕES

No discurso de Ano Novo, Mattarella também veio a elogiar a capacidade de mobilização que os jovens têm hoje em dia, principalmente sobre o engajamento que têm manifestado diante das mudanças climáticas. Em Setembro de 2019, houve uma marcha ambientalista que marcou a história da Itália.

Nas ruas de Roma, mais de 1 milhão de pessoas se reuniram, e a maior parte deles eram estudantes. A manifestação teve por inspiração a ativista sueca Greta Thunberg.

Nas palavras do presidente italiano “As novas gerações têm clara a percepção de que as mudanças climáticas são uma questão seríssima que não tolera novos adiamentos. As escolhas ambientais não são apenas uma indispensável defesa da natureza no interesse das gerações futuras, mas representam também uma oportunidade de desenvolvimento, de criação de postos de trabalho, de conexão entre pesquisa científica e indústria”.

Nessa mesma oportunidade, Mattarella trouxe à baila a questão de Veneza, que tem sofrido um número recorde de inundações.

A NOVA DÉCADA CHEGA COM UMA MAIOR ATENÇÃO À NATUREZA

Sem sombra de dúvidas, não é apenas na Itália que os jovens estão mais atentos às mudanças climáticas. Aqui no Brasil também temos percebido as alterações no clima, como é o caso do aumento das queimadas, as temperaturas que alcançam recordes históricos e assim por diante.

“O tema da proteção do meio ambiente é fundamental para nosso país. Os jovens já o entenderam e se fizeram ouvir, projetados para o futuro e sem nostalgia do passado”, disse Mattarella, e podemos facilmente usar esse discurso como nosso aqui no Brasil.

Tenhamos por foco, nessa nova década, a promoção de um mundo mais saudável, livre de tanto plástico, poluição e consumo desenfreado de materiais não renováveis.

Nós aqui na Cidadania4u já fazemos nossa parte, reduzindo o uso de papel, migrando para o meio virtual ao máximo, assim como, procurando reduzir o consumo de carne e outras proteínas animais, tal qual, fazendo a separação do lixo para promover a reciclagem.

E você, o que tem feito pelo meio ambiente? Faça como nós aqui na Cidadania4u, e como os jovens na Itália – vamos juntos fazer o melhor que podemos pelo futuro da nossa espécie.