No Brasil, podemos perceber uma grande quantidade de sobrenomes portugueses. Estes estão espalhados por todo o território nacional, e presentes na maioria das famílias brasileiras.

Isso ocorre porque nosso país foi colonizado por muitas famílias portuguesas, de modo que seus sobrenomes foram amplamente difundidos.

Assim, nesse post você irá descobrir quais os sobrenomes portugueses mais comuns e um pouco de suas histórias e significados.

 

Sobrenomes Portugueses

O surgimento dos sobrenomes

Nos tempos antigos, ao menos no mundo ocidental, as pessoas eram conhecidas apenas por seus nomes, seguidos da cidade de nascimento. Como exemplo, podemos citar Tales de Mileto, Zenão de Eleia, Melisso de Samos, Filolau de Crotona, entre tantos outros.

No entanto, com o aumento da população, muitos nomes passaram a ser repetidos. Assim, a ideia de que em determinada cidade existia apenas um indivíduo com cada nome passou a não ser mais aplicável. Dessa forma, surgiu a necessidade de diferenciar as pessoas, para evitar possíveis confusões.

Nesse contexto, os sobrenomes foram uma forma encontrada para possibilitar essa diferenciação, sendo algo bastante novo no ocidente. Já no oriente, por outro lado, há relatos do uso de sobrenomes há mais de 5 mil anos.

Os tipos de sobrenomes

Assim, com relação ao ocidente, quando os sobrenomes começaram a ser criados estes derivavam de nomes próprios, lugares, religiões ou ocupação. Vejamos as características de cada grupo.

 

Patronímicos

Inicialmente, patronímicos são os sobrenomes originados de algum dos nomes do pai ou de outro ascendente masculino. Geralmente estes tipos de sobrenome são formados a partir do nome com adição de “S” ou “ES”, como por exemplo os sobrenomes Fernandes e Rodrigues.

 

Toponímicos

Na sequência, os sobrenomes toponímicos seguem a ideia da região de nascimento, porém com variações. Pode derivar do nome de cidades, vilas ou de características da localidade. Exemplos são os sobrenomes Coimbra e Pedroso, o primeiro relativo à própria cidade e o segundo a uma região de muitas pedras.

 

Religiosos

Ainda, eram comuns os sobrenomes derivados de palavras relacionadas à crença religiosa da família, como por exemplo os sobrenomes Nascimento, Trindade, Jesus, Santos, entre outros.

 

Ocupação

Ademais, a ocupação do patriarca da família também era uma grande fonte de inspiração para a criação de sobrenomes. Podemos encontrar exemplos desta formação em sobrenomes como Ferreiro, Guerreiro, Machado, entre outros.

 

Cidadania Portuguesa Com a Cidadania4u

sobrenomes portugueses

Os 15 sobrenomes portugueses mais comuns e seus significados

Silva

Para começar, temos um dos sobrenomes mais conhecidos. Um toponímico relacionado à palavra “selva”, atribuído à família que residia em um bosque ou na floresta.

Sousa

Provavelmente trata-se de um toponímico relacionado a um rio da região. Significa, do ponto de vista literal, Seixo ou Pedra.

Santos

Em seguida, o sobrenome Santos é proveniente do latim “Sanctorum”, que significa justamente Santos. É um sobrenome religioso que, contam as lendas, era atribuído às crianças que nasciam no dia 1º de novembro, dia de Todos os Santos.

Oliveira

Claramente trata-se de sobrenome que se refere à árvore Oliveira, aquela que dá origem ao (maravilhoso) azeite de oliva! Pode ser considerado tanto um sobrenome toponímico, uma vez que está relacionado à região no qual as árvores são encontradas, quanto por ocupação, se atrelado ao ofício do patriarca.

Ferreira

Na sequência temos um sobrenome de peso! Relacionado ao ferro, o sobrenome Ferreira pode ser tanto relativo à ocupação do patriarca da família, quanto à presença do minério na região na qual a família vivia. Dessa forma, pode ser toponímico ou por ocupação.

Pereira

Após o minério, passamos ao reino vegetal. O sobrenome Pereira significa, literalmente , a árvore que dá pêras. Por essa razão, pode ser um toponímico relacionado ao local no qual existiam muitas árvores desta espécie, ou ainda um sobrenome por ocupação do patriarca que cultivava e colhia pêras.

Costa

Em seguida, temos um sobrenome de surgimento um pouco confuso. Costa pode estar relacionado às costelas laterais humanas, símbolo inclusive presente em alguns brasões de famílias portuguesas, ou ainda à costa marítima. Nesse último caso, poderia indicar uma família que vivia próxima à costa, tendo assim uma formação toponímica. 

Alves

Já este se trata de um sobrenome patronímico que se originou do nome Álvares, que significa “os filhos do Álvaro”.

Cunha

Para a coleção dos prováveis toponímicos, temos o sobrenome Cunha, relacionado a um rochedo isolado em forma de cunha. Ainda, pode se tratar de uma tradução para o português do sobrenome judaico Kohen.

Abreu

Este pode ser um toponímico originado na Torre de Abreu, em Valença do Minho. Ou ainda, é possível que se trate de um sobrenome religioso relacionado à Abraão.

Marques

Trata-se de sobrenome patronímico derivado do nome Marcus. Dessa forma, significa “os filhos de Marcus”.

Rodrigues

Da mesma forma, Rodrigues é um sobrenome patronímico derivado do nome Rodrigo. Assim, significa “os filhos de Rodrigo”.

Fernandes

E Fernandes, por sinal, é também um sobrenome patronímico derivado do nome Fernando. E significa o que? Isso mesmo, “os filhos de Fernando”.

Gonçalves

E na sequência, mais um sobrenome patronímico, dessa vez derivado do nome Gonçalo. Dá pra ver que eles gostavam dos patronímicos, não é? Gonçalo, por sua vez, tem origem no nome germânico Gunther, derivado da palavra Gunthi, que significa “combate”. O nome chegou ao Latim como Gundisalvus, evoluindo posteriormente para Gonçalo.

Lopes

E pra finalizar, uma origem diferente. O sobrenome Lopes deriva do Latim “Lupus”, que significa Lobo. Foi um sobrenome muito utilizado por Judeus Sefarditas, e curiosamente, não segue necessariamente uma das formações comuns aplicadas à maioria dos sobrenomes. Este, como alguns outros, faz menção à uma animal que provavelmente tinha um simbolismo importante para a família.

 

sobrenomes portugueses

 

Então, se você tem algum destes sobrenomes, ou outro que tenha origem portuguesa, você pode ter o direito ao reconhecimento da cidadania portuguesa. Confere lá, ein! 

 

Por fim, estes são apenas alguns dos muitos sobrenomes portugueses que podemos encontrar aqui pelo Brasil. Mas a lista é imensa! Se o seu não está entre estes 15, você pode consultar a Lista dos cem apelidos mais frequentes em Portugal, ou ainda a Lista de apelidos de família da língua portuguesa.

 

Curiosidade

Em Portugal, os sobrenomes são chamados de Apelidos. É isso mesmo. Então cuidado para não se confundir!

 

alteração na Lei