As 3 personalidades são conhecidas, em seus respectivos países, como líderes da extrema direita. Para 2020, Salvini projeta uma aliança que envolve o atual presidente do Brasil – Jair Messias Bolsonaro; e Donald Trump, atual presidente americano que pode ser ‘impechmado’.

Matteo Salvini, antigo primeiro-ministro italiano, planeja voltar ao poder em 2020, e para isso, projeta uma aliança entre outros líderes da direita conservadora no mundo – Donald Trump, Jair Bolsonaro, assim como Benjamin Netanyahu e Boris Johnson.

Salvini afirmou que por enquanto, está usando seu tempo para estudar. Para Salvini, “Não estar no governo permite cultivar as relações e criar novos laços. Tenho feito diversos encontros, inclusive de nível internacional, que, por razões oportunas, mantenho em sigilo”.

A ITÁLIA COMEÇA O CALENDÁRIO DE 2020 INTENSAMENTE

Depois de 2019, que foi um ano bem conturbado politicamente falando, a Itália começa 2020 com um calendário eleitoral bem intenso. No dia 26 de Janeiro, as regiões da Calábria (ao sul) e da Emilia-Romagna (ao norte), vão eleger os seus novos governadores, e colocarão à prova se quem ganhará será o forte partido conservador, ou o partido Democrático que está no comando do país.

Salvini, na região da Emilia-Romagna, tem uma baixíssima popularidade, já que essa região é conhecida por ter iniciado os protestos contra o ex-primeiro-ministro.

De toda forma, mesmo fora do poder, o personagem italiano segue com a popularidade bem alta em diversos cantos do país.

Até o meio do ano, em junho de 2020, outras seis regiões italianas vão eleger seus novos governadores. O resultado disso será bem impactante para a futura eleição do próximo primeiro ministro.

GIUSEPPE CONTE NÃO PARECE QUERER DEIXAR O GOVERNO

Em uma entrevista recente, Giuseppe Conte revelou que não tem interesse de abandonar a carreira política depois desse seu mandato, que está previsto de terminar em 2023.

“Depois desse meu intenso envolvimento, não vejo um futuro sem política”, disse Conte, atual primeiro ministro, ao jornal La Repubblica. Um dos primeiros passos que ele deu para se associar ainda mais com a estruturação política do país, foi assumir interinamente o ministério da Educação na Itália.

O decreto que coloca Giuseppe Conte como ministro da educação provisório foi assinado recentemente pelo Presidente da Itália, Sergio Mattarella. Isso mostra que, em um futuro próximo, podemos ver tanto Giuseppe Conte, como Salvini em cargos de poder e conflitantes.

A ITÁLIA E SEUS DESDOBRARES POLÍTICOS

Nós, descendentes de italianos, onde quer que estejamos, devemos sempre analisar os desdobrares políticos que acontecem lá na Itália. Exercendo nosso direito de voto, buscando compreender melhor as movimentações e guiando o país para o melhor futuro possível.

Aqui no blog da Cidadania4u você sempre está informado do que acontece por lá, e pode garantir que está sempre informado dos possíveis desdobrares que a política italiana tem tomado.

É também com a nossa equipe aqui do escritório que você pode pedir a sua cidadania italiana, caso ainda não tenha reconhecido sua ascendência. Ela, além de lhe garantir diversos benefícios vindos do poder administrativo italiano, e do espaço que ocupa esse país no cenário internacional, também lhe dá os poderes interinos de voto – permitindo que você vote e seja votado em eleições.

Incrível, não? Fale conosco no contato@cidadania4u.com.br e entenda melhor como funciona o processo e como a nossa assessoria pode te ajudar!