Com a reforma da Previdência Italiana, que reduziu a idade da aposentadoria, outras mudanças também vieram do primeiro ministro e seu vice. Estamos falando da “Renda Cidadã”, que visa reduzir as disparidades sociais entre os italianos. Quer saber mais a respeito desse tema? Leia e descubra em detalhes.

Sendo comparável a uma espécie de Bolsa Família para os mais pobres, é uma das medidas populistas do governo italiano, e promete cerca de 7 bilhões de euros aos cidadãos que se enquadrarem nos requisitos.

Essa renda é destinada aos 5 milhões de pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza da Itália. Os requisitos são:

  • Ser italiano, europeu ou estrangeiro residente na Itália há mais de 10 anos;
  • Estar vivendo na Itália por ao menos 2 anos de modo contínuo.

O valor de tal auxílio será de 780 euros por cidadão, com acréscimos ou reduções, a depender da situação do lar. Após fazer uso da renda, o cidadão não poderá recusar mais que duas ofertas de trabalho, sob pena de perder o auxílio.

O ORÇAMENTO ITALIANO PARA 2019 E SEUS DESDOBRARES

O que se percebe com tal medida é que o governo italiano realmente está seguindo as promessas feitas previamente. O chefe do governo, Giuseppe Conte, durante entrevista coletiva, reiterou esse padrão de comportamento do governo vigente, e sua dedicação ao povo italiano.

Além dos 7 bilhões destinados ao Renda Cidadã, existem também mais quatro bilhões para a reforma da previdência, esta que foi proposta da Liga de Ultradireita do estado italiano.

O nome da reforma é “Quota 100” e permite a aposentadoria aos 62 anos, desde que com 38 anos de contribuição, enquanto a lei antiga exigia idade mínima de 67 anos. De acordo com os especialistas, avalia-se que 355 mil pessoas poderão usufruir dessa nova opção, incluindo 130 mil funcionários públicos.

A medida tem por objetivo abrir caminho para a entrada de mais jovens no mercado de trabalho, o qual tem uma das mais baixas taxas de retenção de mentes jovens em todo o mundo.

A ITÁLIA EM TRANSFORMAÇÃO

Esse orçamento foi todo aprovado e adotado no final de dezembro e é fruto de uma combinação do Movimento 5 Estrelas e a Liga. Mostra-se, portanto, uma política nova, que busca trazer uma maior interação e maior flexibilidade do governo, adotando novas formas no lidar com seu povo.

Fazer parte de uma estrutura como essa, é, em fato, um grande orgulho! Por isso, se você tem ascendência italiana e ainda não procurou detalhes acerca de seu direito de reconhecimento, que tal nos chamar para uma conversa?

Lá no contato@cidadania4u.com.br os nossos atendentes poderão facilmente te ajudar e te direcionar. Chame-nos para uma conversa e tenha acesso a uma assessoria de primeira! (:

Nos falamos em breve!

Abraços!