O carnis levale, ou também como é conhecido, carne vale, surgiu como um período para as pessoas extravasarem antes dos 40 dias — estabelecido pela Igreja Católica — conhecido como Quaresma. Mas como era o carnaval nos primórdios, de que forma se popularizou? Além disso, quais as diferenças entre o carnaval no Brasil e na Itália?

Hoje iremos embarcar juntos em uma jornada histórica sobre a origem dessa data. Além de conhecer as diferenças e curiosidades entre o Carnaval aqui e no país da bota

Neste post você irá descobrir:

  • O que é o carnaval e como surgiu
  • Quando se comemora o carnaval na Itália
  • Que diferenças existem entre as maneiras de se comemorar o carnaval
  • O que significa entrudo e como foi introduzido no Brasil
  • Como o Brasil adaptou o entrudo

O que é o carnaval e como surgiu

A festa mais popular no Brasil hoje, na verdade surgiu ainda durante a Idade Média. Além disso, tem uma relação direta com o cristianismo. A data foi proposta pela Igreja com o objetivo de canalizar os chamados “impulsos carnais” dos fiéis em apenas um dia.

Entretanto, é possível traçar uma relação entre a comemoração como é conhecida e as celebrações que aconteciam na Antiguidade. Eram realizadas por diferentes povos, como os mesopotâmicos, gregos e romanos. Conhecidas como Saceias.

Nesses festejos, a história conta que, para substituir o rei, um homem era feito de prisioneiro por cinco dias. Durante os primeiros dias o prisioneiro tinha a oportunidade de desfrutar dos privilégios reais, para alguns dias depois terminar executado.

Já em outro festejo, que ocorria no equinócio da primavera em comemoração ao ano novo, o rei era surrado e humilhado com o intuito de demonstrar submissão ao deus Marduk. No fim da festa, o rei então reassumia o trono.

Nesse contexto, levando em consideração as trocas de papéis que ocorriam, daí teria surgido a transformação característica do carnaval. 

Quando se comemora o carnaval na Itália

diferenças entre o carnaval no brasil e na itália

A Itália é um país que celebra o carnaval de forma muito semelhante ao Brasil. Diversas localidades organizam folias, cada uma com suas particularidades, estilos e também durações distintas. 

Ainda assim, a data costuma ser celebrada no mês de fevereiro. O curioso é que nessa época é fim do inverno no hemisfério norte. No entanto, mesmo com temperaturas que variam entre 2 e 9º C, com possibilidade de neve em alguns dias, os italianos embarcam nessa grande diversão.

Nesse sentido, vale destacar que o carnaval na Itália acontece desde o século XII, ano de 1162, em Veneza, por exemplo. O motivo: uma vitória militar italiana.

Nesse período as pessoas começaram a se reunir nas ruas, para festejar com muita dança, comida e bebida. Sobretudo perto da Piazza San Marco, a praça símbolo do poder da antiga República de Veneza. Assim sendo, a festa de carnaval de Veneza foi tomando proporção e ganhando a fama conhecida hoje.

Que diferenças existem entre as maneiras de se comemorar o carnaval

Como dito anteriormente, assim como no Brasil, o carnaval na Itália é uma festa popular. Nesse contexto, as cidades italianas têm as ruas tomadas por pessoas de máscara, fantasiadas, além da presença dos carros alegóricos.

Assim, vamos conhecer um pouco mais sobre as diferentes maneiras de se comemorar o carnaval em algumas cidades italianas:

  • Veneza

diferenças entre o carnaval no brasil e na itália
Foliões mascarados no carnaval de Veneza.

A primeira da lista, não poderia ser diferente. Conhecida ao redor do mundo por ter o maior carnaval da Itália, em Veneza a festa carnavalesca é marcada pelas fantasias e máscaras. Além disso, há diversas manifestações artísticas, que vão desde exposições de arte aos desfiles de moda. 

  • Viareggio

diferenças entre o carnaval no brasil e na itália
Carro alegórico no carnaval de Viareggio.

Assim como o carnaval veneziano, o de Viareggio em Toscana, é super famoso. Na cidade os carros alegóricos durante o carnaval ganham um ar satírico. Os quais abordam questões como política, música e cinema. 

Vale destacar que em Viareggio a festa tem a característica de não acontecer nas ruas, mas sim em um circuito fechado. Nesse caso, é necessário adquirir ingressos para o evento. Além disso, a duração por lá é de quatro finais de semana.

  • Foiano della Chiana

diferenças entre o carnaval no brasil e na itália
Carro alegórico no carnaval de Foiano.

Essa, conhecida por sediar um dos carnavais italianos mais antigos da história, tem como característica um grande número de coreografias. Como também uma enorme riqueza histórica. 

A abertura da festa é feita pelo carro Re Giocondo. Bem como, três carros alegóricos reunidos às bandas e alas fantasiadas. 

  • Ivrea

diferenças entre o carnaval no brasil e na itália
Batalha de laranjas no carnaval de Ivrea.

Assim como em Foiano, o carnaval de Ivrea é muito antigo. Por isso, é conhecido como “Carnaval Histórico de Ivrea”. O que remete à origem medieval da festa. 

Assim sendo, a folia nesta cidade tem como característica marcante as tradições medievais.

Dessa forma, o maior símbolo dessa festa é a batalha de laranjas. Nela, nove times lutam entre si, atirando laranjas uns nos outros. O objetivo: se divertir. 

  • Cento

diferenças entre o carnaval no brasil e na itália
Carro alegórico no carnaval de Cento.

Aqui podemos dizer que é a cidade mais influenciada pelo carnaval brasileiro. Já que há, inclusive, uma parceria entre a cidade de Cento e a cidade do Rio de Janeiro. Assim, é comum a presença de carros alegóricos e passistas.

  • Fano

diferenças entre o carnaval no brasil e na itália
Carro alegórico no carnaval de Fano.

A cidade de Fano, na Itália, tem o carnaval mais doce que já se ouviu falar. Isso mesmo, dos carros alegóricos que vão para as ruas, são atirados doces nas pessoas. 

Para brincar o carnaval de Feno e levar a maior quantidade de doces possível, vale levar de baldes às redes. Mas não se preocupe caso tenha esquecido em casa, pois você pode receber um balde de papelão na falta de algum.

  • Putignano

diferenças entre o carnaval no brasil e na itália
Carro alegórico no carnaval de Putignano.

Já imaginou se o carnaval começasse em dezembro? Em Putignano isso é possível. A cidade tem um dos mais antigos carnavais da Europa, lá a festa acontece desde o fim do século XVI. A data: 26 de dezembro.

Ou seja, começa exatamente após o Natal, acontece junto ao ano novo e acaba somente na terça de carnaval. Seria esse o sonho brasileiro de carnaval?

Vale destacar que, não acontecem festas todos os dias. Contudo, há datas específicas durante esse período. No caso do dia 26 de dezembro, a data é reservada para as pessoas levarem velas à igreja. 

O intuito é pedir perdão de antemão pelos pecados que serão cometidos no período pré quaresma.

O que significa entrudo e como foi introduzido no Brasil

É perceptível que o carnaval é uma data relevante na Itália, assim como no Brasil. No entanto, a festa se popularizou por aqui a partir do entrudo. O qual foi introduzido no país pelos portugueses. Trata-se de jogos e brincadeiras populares que deram origem ao carnaval como é conhecido hoje.

Entretanto, a origem do nome em si, refere-se aos bonecos gigantes, construídos com madeira e tecido, que faziam parte das brincadeiras carnavalescas no século XV.

Vale destacar que, na primeira metade do século XIX, o entrudo já era a principal atração no carnaval do Rio de Janeiro. Nesse sentido, as brincadeiras se diversificavam muito, inclusive de bairro para bairro. 

O que mais tarde resultou na divisão em 2 tipos:

  • Entrudo Familiar

Com o objetivo de se diferenciar das classes populares, a elite adaptou o entrudo. Foram excluídas brincadeiras que representassem algum risco físico para os jogadores. Além de ser comumente feito entre famílias nobres.

  • Entrudo Popular

O entrudo popular era mais próximo ao entrudo de origem, em que os artefatos utilizados para a brincadeira variavam entre líquidos.

Como o Brasil adaptou o entrudo

diferenças entre o carnaval no brasil e na itália
Folia de carnaval em Recife.

No século XX, o carnaval brasileiro já era uma atividade comercial muito lucrativa. A partir da proibição do entrudo como manifestação popular, no fim do século XIX, os bailes que aconteciam nos clubes, muito semelhantes ao carnaval europeu começaram a se popularizar.

Assim sendo, a música começou a acompanhar a festa, o que não era muito comum com o entrudo. Nessa época nasceram as primeiras marchinhas, com nomes de destaque como o de Chiquinha Gonzaga, em “Ó Abre Alas”.

No entanto, o samba só passou a protagonizar essa festa na década de 1910. Ainda assim, na Bahia, os primeiros afoxés surgiram na virada do século XIX para o século XX. 

O intuito era relembrar e celebrar as tradições culturais africanas. Assim, nesse mesmo período o frevo passou a ser praticado no Recife, assim como o maracatu brilhou nas ruas de Olinda.

Dessa forma, as diferenças entre o carnaval no Brasil e na Itália são pequenas. No entanto, a riqueza cultural de ambos se assemelha em muitos pontos e encanta aos olhos de todos.

Já imaginou celebrar o carnaval da Itália como um cidadão italiano? Para mais informações sobre o processo de cidadania italiana, saiba que podemos te ajudar.

Entre em contato conosco para descobrir mais sobre a sua história e entender melhor o seu caso! Clique abaixo:

diferenças entre o carnaval no brasil e na itália