A Cidadania4u, como bem sabem, trabalha com Cidadania Italiana e com a assessoria do reconhecimento da mesma para dos descendentes de italianos. Mas, você sabe no que consiste o instituto da Cidadania Italiana em si? Por ser um conceito muito mais do que algo palpável, nem sempre dá para explicar tudo o que envolve esta questão, mas nesse texto, vamos te explicar tim tim por tim tim.

A Cidadania Italiana é o sonho de muitas pessoas. Quer sejam jovens adultos que desejam dar aquela guinada em seus currículos, ou mesmo pais de família, que desejam dar a oportunidade aos seus filhos de estudar nas melhores universidades ou nas melhores escolas do mundo. Existem também aqueles que desejam se aposentar em um país com boa qualidade de vida, assim como os viajantes que querem as facilidades de um passaporte forte como o italiano.

Quer você seja um ou outro, ao reconhecer sua cidadania italiana, não estará tão somente ganhando um certificado de que sim, por fila de descendência, você tem direito a tal cidadania. Mas estará na verdade, ganhando todos os direitos e deveres daqueles que nasceram na Itália e são considerados italianos nativos. Com isso, muitos benefícios vêem atrelados.

O QUE ESTÁ ASSOCIADO À CIDADANIA ITALIANA?

Associadas à Cidadania Italiana estão algumas vantagens como:

  • A livre circulação dentro da União Europeia, tal qual um cidadão italiano nativo possui;
  • Viagem aos Estados Unidos sem preocupação com vistos ou permissões;
  • Poder residir na União Europeia pelo tempo que quiser, desfrutando de todos os direitos e obrigações dos cidadãos natos (quer seja moradia, trabalho, estudo, direitos políticos, lazer, assistência médica, entre outros);
  • Acesso facilitado a universidades, assim como a bolsas de estudos oferecidas aos cidadãos italianos por outros Estados, Organizações Internacionais, Fundações, ou mesmo pelas universidades almejadas;
  • Garantia de emprego legal sem trâmites burocráticos em todos os estados membros da União Europeia;
  • Diferencial no currículo para aplicação em vagas de emprego no Brasil ou em outros países ainda que estes não sejam parte da União Europeia.

Estes são 6 dos principais itens que veem associados ao reconhecimento da Cidadania Italiana. Mas existem muitos outros direitos e facilidades adquiridas que são melhor explicadas nesse post aqui!

E QUEM TEM DIREITO À CIDADANIA ITALIANA?

Muito de nosso trabalho aqui na Cidadania4u é relacionado à documentação que comprova o direito à cidadania italiana de um descendente. E quem seria esse indivíduo dotado do direito “latente” (aquele que ainda precisa ser reconhecido)?

Bem, todo aquele que possua ancestral italiano, via de regra, poderá ter direito à cidadania italiana, sem nenhum limite de geração, desde que se cumpram algumas regras. E é nesse ponto das regrinhas que contar com uma assessoria especializada faz toda a diferença.

  1. A REGIÃO DE TRENTO: Um dos fatores que pode influenciar no reconhecimento de sua cidadania é o local de nascimento do italiano assim como a época que ele saiu da região. Algumas delas, ainda que hoje sejam italianas, eram de domínio do Império Austro-Húngaro até 1919. Só se consideram italianos os imigrantes que saíram dessa região depois de 16 de Julho de 1920. Se o seu ascendente migrou para o Brasil antes dessa data, chegou aqui enquanto austríaco e não italiano;
  2. NATURALIZAÇÃO NOS PORTOS: Outra questão que pode barrar a cidadania italiana é a naturalização enquanto brasileiro nos portos de entrada. Alguns italianos, ao chegar em nosso país, se naturalizaram brasileiros e abriram mão de sua cidadania italiana, não transmitindo então para os descendentes que nasceram depois dessa naturalização;
  3. NACIONALIDADE DO ANTEPASSADO: Na verificação documental, é importante fazer toda a análise de datas e afins. É necessário sempre lembrar que a Itália se tornou um país unificado apenas em 1861, e para ser considerado italiano, o antepassado precisa ter vivido na Itália depois de sua unificação. Portanto, se seu antepassado emigrou para o Brasil, precisa ter falecido depois de 17 de março de 1861 para que ele seja considerado italiano, ou depois de 22 de outubro de 1866 se ele veio de Veneto.

Existem ainda questões relacionadas à Cidadania Italiana por linha materna e outros pormenores que podem tornar o processo um pouco mais denso.

INTERESSADO EM RECONHECER SUA CIDADANIA ITALIANA?

Se você tem interesse em reconhecer a cidadania italiana mas não sabe como começar, te trazemos aqui o primeiro passo: falar com a gente no contato@cidadania4u.com.br e contar um pouco mais pra gente da história de sua família, assim como nos mandar os documentos que já possui.

Nossos especialistas ficarão super felizes em poder te acompanhar nesse processo que é tão importante na vida de todo e qualquer descendente de italianos.

Quer encontrar com a gente e mora aqui em Brasília? Ue, vem para o Italian Festival aqui de Águas Claras que te contaremos tudo sobre a nossa empresa e você ainda poderá comer um pouquinho da culinária que os nossos ancestrais criaram! 😀

O festival vai acontecer entre 12 e 15 de Setembro, no estacionamento da Unieuro! Contamos com sua presença ok? 😛

Pode ir marcando em sua agenda! Nos vemos lá. Um grande abraço e até mais.