Os países europeus são os que têm os menores índices de desemprego.  Por isso, trabalhar na Itália ou em qualquer país da Europa é um ideia que agrada qualquer profissional que busca por uma boa vaga, e claro, um salário que cubra todas as suas despesas.

Portanto, se você está almejando o mercado de trabalho europeu, e tem ascendência italiana, não deixe de acompanhar este post e saiba como esse documento abre as portas por lá.

PASSAPORTE EUROPEU PARA TRABALHAR NA ITÁLIA

Apesar de na maioria dos países europeus as vagas de emprego estarem abertas para pessoas de todas as nacionalidades, a verdade é que algumas empresas valorizam e priorizam o profissional nacional, portanto, o simples fato de ser um cidadão italiano (e por consequência, cidadão europeu), já aumenta as suas chances de conseguir um bom emprego.

Para garantir o sucesso nesse meio, é importante que antes de mergulhar no mercado de trabalho italiano, o brasileiro com dupla cidadania entenda como este mercado funciona na Itália, pois o sistema adotado pelas empresas deste país é diferente do brasileiro, assim como, que tenha sua cidadania devidamente reconhecida.

No modelo italiano, as vagas de emprego estão separadas de acordo com a experiência e o tempo de serviço, sendo que para pessoas que estão iniciando no mercado de trabalho agora, as vagas disponíveis em massa são para as modalidades de estagiário e de aprendiz.

Trabalhando na condição de estagiário, o funcionário deve passar por um período de experiência que dura de 4 a 6 meses. Durante este período ele recebe um salário mais baixo, porém com possibilidade de aumento se o contratante resolver efetivá-lo.

Já quem é contratado na condição de aprendiz, apresenta um salário um pouco mais próximo do auferido pelos trabalhadores da empresa que apresentam mais experiência.

Vale ainda frisar que os contratos celebrados nessa modalidade de trabalho vão até 2 anos, e depois desse tempo o empregador pode firmar um contrato mais estendido com o profissional e aumentar o salário do mesmo.

No caso de trabalhadores que não são contratados como estagiários ou aprendizes, normalmente o empregador opta por contratos com um tempo determinado, o que ajuda a empresa a “testar” o trabalhador antes de firmar uma parceria a longo prazo.

Outra forma de trabalho que também é bastante comum na Itália, mais que muitos cidadãos italianos não gostam, são os trabalhos por projetos, que são na sua maioria, oferecidos por empresas que operam na área da arquitetura e engenharia (que são bem notáveis na Itália). Seria algo como “contrato de serviço” ou “empreitada”.

Nesta modalidade, o tempo de trabalho é determinado pela duração do projeto, que por sua vez varia de acordo com a magnitude do trabalho a ser realizado.

Pra quem é fã dos concursos públicos, a boa notícia é que na Itália também é possível obter trabalho dessa forma, apesar da vagas disponibilizadas nos concursos não serem muitas.

Outra dificuldade verificada na obtenção de uma vaga de emprego por meio de concursos públicos na Itália, reside no fato das provas administradas por lá envolverem conhecimentos específicos que não são muito abordados no Brasil, o que pode dificultar o aproveitamento do candidato brasileiro no teste.

PROFISSÕES EM ALTA NA ITÁLIA E O MERCADO DE TRABALHO EUROPEU

profissões em alta na itália

A crise econômica que assola grande parte das nações do mundo, também se faz sentir na Europa, os efeitos dessa questão alcançam até mesmo a Itália, como já falamos aqui no blog. O ministério da economia local vem adotando uma série de medidas para incentivar as empresas a disponibilizarem mais vagas de emprego.

Apesar dessa crise, a Itália apresenta um mercado de trabalho super acessível, até porque este país é considerado melhor a nível de vagas de emprego abertas em relação a países como Portugal, Grécia e Espanha.

Além disso, existem profissões que apresentam um bom nível de empregabilidade na Itália, e que você nem precisa de ser um profissional extremamente gabaritado para conseguir, já que esses cargos envolvem trabalhos mais manuais – Confira uma listinha com as profissões em alta na Itália, logo abaixo:

Esteticista

O povo italiano não descuida da sua beleza, por isso, os produtos de beleza, técnicas modernas para manter a aparência em dia e tratamentos especiais, são bem requisitados por lá.

Por conta disso, o mercado de trabalho italiano apresenta um bom número de vagas no ramo da estética, ou seja, cabelereiros, manicures, barbeiros e outros profissionais que tem habilidades relacionadas a estética, tem grandes chances de obter trabalho na Itália.

Mecânico

Profissionais com habilidades ligadas ao campo da mecânica são bastante procurados e valorizados na Itália, sendo que a dica para ter chances nesse mercado, é se especializar em carros e motos, já que a população mais jovem ama andar de moto.

Além de trabalhar numa empresa, você também pode abrir uma oficina mecânica pois a demanda por profissionais da área é mesmo alta por lá!

Cozinheiro

A gastronomia é um dos pontos fortes da Itália, e isso faz existirem vários restaurantes por aqui. O que significa que vagas de emprego para cozinheiros, ajudantes e afins, são encontradas aos montes.

Sem falar que, pelo fato dos restaurantes italianos não ficarem às moscas, o trabalho de cozinheiro é bem rentável.

Padeiro

Com um salário que varia entre 1500€ a 2500€ por mês, valor considerado modesto pelos italianos, para trabalhar como padeiro não há necessidade de se ter nenhum diploma.

O lado negativo dessa profissão, reside no fato do horário de trabalho não ser fixo, sendo que em alguns dias é necessário trabalhar de noite, e em outros de dia, ou mesmo de madrugada para garantir uma boa fornada na manhã seguinte.

Trabalhar como padeiro na Itália pode ser uma ótima oportunidade para obter bons lucros, lembre disso!

Marceneiro

Quem apresenta habilidades de marceneiro, também tem mais facilidade para ingressar no Mercado de Trabalho italiano, visto que os serviços deste tipo de profissional são bastante procurados por lá.

Apesar de ser uma profissão um pouco mais cansativa que as outras, o trabalho de marceneiro é bastante lucrativo para os trabalhadores honestos e eficientes.

VANTAGENS DE TRABALHAR E VIVER NA ITÁLIA

VANTAGENS DE TRABALHAR E VIVER NA ITÁLIA

Com certeza você já deve ter notado nos tópicos anteriores que trabalhar na Itália é bem mais vantajoso que no Brasil, pois além de haver maior acessibilidade ao emprego quando comparado ao Brasil, as condições de trabalho por lá são boas no geral.

E não estamos falando apenas dos empregos de base, que foram os principais a serem listados no tópico acima. Na Europa como um todo existe uma grande demanda para trabalhadores especializados, como engenheiros, médicos, advogados internacionais, desenvolvedores de software e mais.

MAIS OPORTUNIDADES DE TRABALHO PARA QUEM TEM CIDADANIA ITALIANA

O cidadão italiano conta com vários direitos, e vale lembrar aqui que o brasileiro com dupla cidadania também se beneficia dos mesmos. Afinal de contas, você que nasceu de uma família com ascendência italiana, já nasceu italiano. Resta apenas ter o seu reconhecimento concedido pelo poder administrativo da Itália.

Como falamos mais acima, mesmo que, legalmente, as vagas de emprego estejam disponíveis tanto para cidadãos estrangeiros como para os italianos, a verdade é que para ocupar cargos de grande peso, você precisa ter a cidadania italiana reconhecida, ou mesmo, ser um cidadão europeu.

Isso sem falar que devido a burocracia que existe no processo de contratação de profissionais estrangeiros, muitos empregadores ficam com um pé atrás na hora de contratar um estrangeiro. Afinal de contas, estamos falando aqui de uma série de gastos com os trâmites de visto de trabalho e afins.

MELHORES CARGOS NAS GRANDES EMPRESAS DA UNIÃO EUROPEIA

Além de ter maiores chances de conseguir uma vaga em grandes empresas na Itália, com a cidadania italiana também é possível concorrer às vagas de emprego disponibilizadas em outros países que fazem parte da União Europeia com mais facilidade.

Essa facilidade deve-se ao fato de que as grandes multinacionais têm um maior apreço pelos profissionais que apresentam a dupla cidadania, já que essas empresas acreditam que este tipo de profissional vai contribuir com diversidade cultural para a firma.

Além disso, por conta da facilidade que cidadãos com dupla cidadania apresentam em viagens para alguns países devido a posse do passaporte europeu e o Brasileiro, as multinacionais preferem esses candidatos, pois, por se tratar de empresas que operam em muitos países, viagens de funcionários são frequentes.

SALÁRIOS JUSTOS

Mesmo que não exista um salário mínimo fixo como ocorre no Brasil, para a maioria das profissões na Itália, o salário pago ao trabalhador consegue sempre garantir o seu sustento e cobrir outras despesas básicas, assim como diversão.

De um modo geral, para cargos que não necessitam de nenhuma qualificação formal, os salários variam de 600 a 1000 Euros mensais. Já para quem apresenta uma qualificação média, a remuneração auferida varia de 1100-1400 Euros.

Agora, para profissionais técnicos, o salário é um pouco mais elevado, sendo que ele varia de 1500-1800 Euros.

Do mesmo jeito que ocorre em países do mundo inteiro, os médicos, engenheiros, advogados e contabilistas, são os profissionais que mais recebem na Itália, sendo que o seu salário varia entre 2000 a 5000 Euros.

Um aspecto interessante acerca do salário na Itália, reside no fato de que nem sempre ele é pago mensalmente, havendo casos em que a remuneração dos funcionários é entregue semanalmente ou quinzenalmente.

Outros benefícios associados ao trabalhador também são pagos na Itália, sendo que algumas empresas oferecem até mesmo o 14º, pago em julho.

USUFRUA DOS PRIVILÉGIOS DE VIAJAR SEM VISTO

Outra vantagem de ser cidadão italiano e viver na Itália com o passaporte italiano, reside no fato de que esse documento documento possibilita o acesso a países da união europeia sem a necessidade de nenhum visto.

Usar serviços públicos com menos burocracia

Quem apresenta a cidadania italiana, conta com várias facilidades na hora de recorrer a alguns serviços públicos, como é o caso dos estudos, onde o cidadão italiano conta com menos custos no pagamento da mensalidade.

Além disso, quem for a viver na Itália com os seus filhos, poupará bastante na sua educação, pois a educação básica é gratuita por lá, e os pais só têm de arcar com o pagamento de alguns materiais quando o aluno estiver no ensino médio.

O acesso aos serviços de saúde também é mais facilitado para o cidadão italiano, e falando nisso, o governo italiano é bastante prático nesse ponto, já que para cada cidadão deste país existe um médico alocado, uma espécie de “médico da família”. Já falamos sobre isso em um post recente aqui do blog do Cidadania4u!

O melhor de tudo, é que o atendimento médico é gratuito, havendo necessidade de pagar uma taxa extra somente no caso de consultas feitas num especialista da saúde.

RECONHEÇA SUA CIDADANIA ITALIANA E USUFRUA DE TODOS ESSES BENEFÍCIOS

Ufa, são tantos benefícios de se reconhecer a cidadania italiana que a lista parece não ter fim, não é mesmo? E olha que nem abordamos todos os lados positivos de ter o seu reconhecimento, ein?

Se você tem ascendência italiana, que tal falar com um de nossos especialistas aqui da Cidadania4u? Somos dotados de uma vasta experiência no reconhecimento da cidadania italiana de brasileiros, e podemos te ajudar nessa empreitada.

Fale conosco e garanta esses benefícios acima listados, não somente para si, quanto para toda a sua família. Os nossos profissionais estão esperando o seu e-mail desde já no contato@cidadania4u.com.br.

Um grandíssimo abraço aqui da Redação Cidadania4u e até mais 😀