Você sabia que a importância da árvore genealógica está diretamente ligada com a redescoberta do passado da sua família e dos seus ancestrais?

Então, se você gosta e conhece os caminhos para decifrar um mistério, investigar a história da sua família pode ser uma boa maneira de exercitar esse talento. 

Afinal, a montagem de uma árvore genealógica é totalmente baseada na investigação do histórico familiar através de vários estudos e pesquisas, que revelam desde a origem do sobrenome até a mudança da grafia dele atualmente.

Dessa forma, preparamos este artigo para que você entenda qual é a importância da árvore genealógica e quais são os melhores caminhos para começar a montar a sua

O que é a árvore genealógica

Etimologicamente, o nome “árvore genealógica” se dá pelo fato de que, uma árvore origina-se de uma semente, a qual, em seguida, dará origem aos galhos e às folhas, que mesmo sendo semelhantes entre si, não serão iguais. 

importância da árvore genealógica

Assim, a árvore genealógica é uma representação gráfica da linhagem familiar de uma pessoa e também responsável em organizar diversas informações sobre todos os componentes que a formam. 

Ou seja, a árvore genealógica tem como principal função detalhar os relacionamentos e conexões que os indivíduos de um mesmo grupo familiar estabelecem entre si ao longo dos anos.

Estrutura da árvore genealógica

A estrutura básica de uma árvore genealógica é formada em duas direções diferentes: linhas horizontais, que representam cada geração de uma família, e linhas verticais, responsáveis em conectar os membros que possuem ligações diretas. 

Dessa forma, para identificar cada membro da família, as fotos e os nomes dos membros são colocados nos que chamamos de “nós da árvore”. 

As datas de nascimento e óbito também podem ser acrescentadas, como forma de fornecer informações adicionais sobre os indivíduos que a compõem.   

Além disso, traçando uma breve analogia, pode-se identificar as crianças como sendo as folhas mais novas da árvore. Bem como os galhos mais finos, os pais. 

Já as estruturas mais grossas, responsáveis pela sustentação, são identificadas como os avós e os antepassados mais antigos

Qual a ordem da árvore genealógica

A partir de registros históricos, a genealogia da família é traçada, assim, a montagem da árvore genealógica é feita a partir do antepassado mais antigo que se tenha conhecimento dos dados. Dessa maneira, os galhos da árvore vão passando por todos os descendentes que dão continuidade a família, até chegar ao indivíduo mais novo da linhagem.

Curiosidades sobre a árvore genealógica

Na cultura oriental, há uma forte reverência aos antepassados. Portanto, é bem comum ter conhecimento sobre a árvore genealógica da família até a 6ª ou 7ª geração. Isto é, levando em consideração o volume de dados e informações que se tem acesso. 

Acesse também:  Brasileiros precisam de visto para visitar Singapura? 

Dessa forma, esse costume também vem ganhando cada vez mais espaço na cultura ocidental. Principalmente das pessoas que buscam o reconhecimento de cidadania, que se deparam com esse termo com frequência. 

Mas de toda maneira, é importante ressaltar que também há outras maneiras de ter a sua cidadania oficialmente reconhecida, como através do casamento, por exemplo. 

Mas afinal, qual a importância da árvore genealógica?

A importância da árvore genealógica pode se estender para vários pontos da história que conta como ocorreu a formação e estruturação de uma família

Para melhor exemplificar, a montagem da árvore genealógica pode ajudar uma pessoa a compreender suas origens e, assim, fortalecer o seu sentimento de pertencimento, como também pode ajudar a rastrear a origem de uma doença hereditária. Ou seja, a árvore genealógica é uma poderosa ferramenta capaz de promover a conexão de diversas pessoas com suas raízes, preservar a história de uma família e, além de tudo, fornecer um sentido de continuidade e pertencimento a alguém. 

Como montar minha árvore de forma gratuita

Hoje, graças a ampla rede de informação que a internet nos fornece, montar uma árvore genealógica se tornou bem mais simples

Além disso, essa tarefa pode ser realizada de modo online, e de forma gratuita, sem que você precise sair do conforto do seu lar para começar a estruturar a história da sua família.  

Logo abaixo, listamos dois dos maiores sites para te ajudar nesse processo:

FamilySearch

Patrocinado pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, o site é um dos mais populares no segmento genealógico do mundo. Nele estão disponíveis mais de um bilhão de imagens digitais. Bem como, índices de registros mundiais. Por exemplo: 

  • registros governamentais 
  • registros eclesiásticos de nascimento
  • inventários
  • registros de casamento
  • registros de óbitos. 

Esses índices são criados por voluntários a partir de indexações. Entretanto, qualquer um pode se voluntariar. Isto é, independente de idade, religião ou conhecimento técnico prévio. A única exigência é ter um computador com acesso à internet. 

Além disso, ainda dispõe de vários outros recursos. Como por exemplo, uma enciclopédia interativa online para a pesquisa da história familiar. 

Além disso, guias e mentorias com profissionais do FamilySearch. Do mesmo modo, há ainda a possibilidade de pesquisa por área geográfica ou por tópico.

Nesse sentido, existem também os fóruns de discussão. Onde pode-se fazer perguntas sobre a pesquisa e interagir com a equipe do FamilySearch. Ou ainda, alguém da comunidade genealógica.

Vale ressaltar que o acesso é gratuito e está disponível ao público em sete idiomas.

MyHeritage

MyHeritage é uma plataforma fundada em 2003. Ela funciona de forma bem semelhante ao FamilySearch. Com um banco de dados de 9 bilhões de registros históricos. Isto é, do mundo todo. 

Nela é possível criar árvores genealógicas e compartilhar fotos. Além de criar uma árvore baseada em reconhecimento facial, gerando matches com árvores já registradas.

Ademais, vale ressaltar que o site possui mais de 35 milhões de árvores genealógicas registradas. Juntamente com serviços oferecidos em 42 idiomas. 

Acesse também:  ETIAS: tudo sobre o formulário de imigração para Europa

Por fim, a plataforma possui três tipos de planos. No qual o plano básico pode ser acessado de forma gratuita. 

Em contrapartida, para planos mais robustos que apontem incongruências na árvore, por exemplo, é necessário aderir ao plano premium. Vale destacar que, esse pode ultrapassar R$600 ao ano.

Documentos necessários para montar uma árvore genealógica

Já sabemos da importância da árvore genealógica e que também há várias plataformas capazes de nos auxiliar e que até disponibilizam alguns documentos que nos ajudam a complementá-la com importantes informações sobre nossas famílias.

Contudo, há outras maneiras mais tradicionais de mapear a nossa genealogia familiar, como contar com o serviços de um profissional especializado neste tipo de pesquisa ou até mesmo usar o nosso próprio conhecimento e habilidades para executar essa difícil tarefa.

Em ambos os casos, a reunião de documentos e informações relevantes dos nossos antepassados é de suma importância, além de ser um tipo de ajuda muito bem-vinda para que a construção da árvore seja feita de forma correta.

Mas quais documentos são necessários para montar uma árvore genealógica?

Embora os documentos realmente necessários possam variar de acordo com as leis da região ou país em que se encontram, estes são alguns dos mais comuns:

  • Certidões de nascimento
  • Certidões de casamento
  • Certidões de óbito
  • Registros paroquiais
  • Registros militares. 

Outros benefícios em montar a árvore genealógica da sua família

Além de ser bastante útil para encontrar parentes perdidos, investigar o histórico médico e reunir as informações necessárias para os processos de cidadania, a importância da árvore genealógica também é capaz de proporcionar um estreitamento das relações familiares. 

Durante o processo de investigação e levantamento da documentação necessária, as conversas com parentes e amigos serão constantes. Desse modo, uma aproximação entre os componentes de determinada família é quase que inevitável. 

Um fato comum é que, logo após a árvore genealógica ser finalizada, muitas famílias se reúnem para comemorar o feito e, assim, preparam uma grande festa para celebrar a história de seus antepassados. 

Por outro lado, também é preciso ter em mente que, às vezes, investigar uma história é se deparar com algumas questões sensíveis. Por isso, é importante levar o emocional, não só do idealizador principal da montagem árvore genealógica, como também de todos os membros da família. 

Onde encontrar os documentos dos meus antepassados

O momento de reunir a documentação necessária para montar a árvore genealógica da sua família pode ser um tanto desafiador e cheio de obstáculos

Contudo, há lugares específicos para que essa procura seja realizada da maneira correta (além das plataformas e serviços online já citados), como: 

  • Cartórios
  • Escritórios de registros civis 
  • Arquivos públicos 
  • Paroquias 
  • Bibliotecas 
  • Sociedades genealógicas. 

Também vale ressaltar que, geralmente, os consulados dos países (caso existam estrangeiros em sua árvore genealógica) informam os locais onde todos esses documentos podem ser pesquisados. 

O que é um genealogista?

Algo que pode ser inédito para a maioria das pessoas, é saber da existência de um profissional capacitado para realizar pesquisas genealógicas

O genealogista é responsável em ajudar a mapear a história de uma família, colhendo informações, documentos e pesquisas sobre os antepassados das pessoas que o contratam. 

Acesse também:  Melhores países para morar e trabalhar em 2024   

Os serviços oferecidos por esse profissional são diversos e podem variar bastante, mas comumente estão mais ligados a situações, como: 

  • Pesquisa de linhagem direta (materna ou paterna)
  • Pesquisa de linhagens diretas (materna e paterna)
  • Pesquisa a partir dos pentavós
  • Pesquisa para confirmação da elegibilidade da cidadania europeia.

Quando contratar os serviços de um genealogista

Os serviços dos genealogistas podem ser bem úteis para pessoas que possuem o real interesse em conhecer a história da sua família ou que querem confirmar a sua ascendência para iniciar um processo de pedido de cidadania, por exemplo, e não sabem por onde começar. 

Dessa forma, esses profissionais fornecem uma maior orientação através da elaboração de estratégias eficazes e facilitam as pesquisas documentais sobre os antepassados de determinada família. 

Além disso, os genealogistas também realizam um trabalho de confirmação das informações colhidas durante o processo de montagem da árvore genealógica. 

Ou seja, eles possuem ferramentas para corrigir erros e confirmar informações conflitantes através do fornecimento de evidências precisas e que atestam a veracidade do histórico familiar de uma pessoa. 

Então, se você procura um menor desgaste físico e também lidar com menos questões burocráticas durante o processo de investigação, talvez a ajuda desse profissional seja uma mão na roda. 

Mas lembre-se: contratar o serviços de um genealogista é uma escolha pessoal e tem que ser bastante avaliada, levando em consideração necessidade, objetivo, tempo e os recursos que você dispõem.   

Tudo depende de qual é o seu interesse em montar a árvore genealógica da sua família

Vamos pensar em duas situações diferentes agora: se sua intenção em montar a árvore genealógica da sua família for apenas por curiosidade ou satisfação pessoal, exercitar o seu faro investigativo para realizar esse processo pode ser uma pedida mais condizente com suas necessidades. 

Contudo, se a importância da árvore genealógica estiver ligada com a procura de uma parente, investigação do histórico médico da sua família ou para dar início em algum processo de cidadania, um genealogista com certeza será um excelente parceiro para essa jornada. 

Em resumo, as situações aqui apresentadas são algumas formas de explicar a importância da árvore genealógica para que você possa dar início à montagem da sua e, assim, conhecer um pouco mais de detalhes sobre a história da sua família. 

Já que quanto mais adiamos dar início a esse processo, ou seja, quanto mais antigo e abrangente ficar a nossa árvore genealógica, mais difícil fica a busca pelos documentos de décadas anteriores. 

Dessa forma, recomendamos que você inicie a montagem da sua árvore genealógica o mais cedo possível e, caso seja necessário, procure a ajuda dos profissionais especializados em realizar as pesquisas documentais.

A Cidadania4U te ajuda a montar sua árvore genealógica!

Agora que você já sabe da importância da árvore genealógica e se também possui o desejo de entrar com um pedido de cidadania, saiba que realizar uma pesquisa genealógica de qualidade é o primeiro passo para isso. Dessa forma, saiba que a Cidadania4U conta com uma excelente equipe, pronta para te ajudar a descobrir os seus antecedentes familiares de forma rápida e precisa!