Em alguns momentos nós nos perguntamos sobre nossas origens e como podemos resgatá-las. Às vezes esses sentimentos passam, levados pelo vento; em outras, ele perdura e nos faz questionar como montar uma árvore genealógica para saber mais da história do nosso próprio sangue. 

Sabendo disso, vamos te dizer tudo o que você precisa saber sobre a árvore genealógica: o que é, como fazer, onde fazer, por quem começar, tudo! Vamos lá?

O que é uma árvore genealógica?

Pode parecer fora de hora, mas melhor do que explicar é mostrar um exemplo. Com certeza você se lembra, em seus tempos de criança, de quando a professora mandava tarefas de casa para fazer uma linha cronológica da sua família para que apresentasse em sala de aula. 

Pois é, isso é uma árvore genealógica! Se a imagem ainda não está clara na sua mente, observe nosso exemplo abaixo: 

exemplo arvore genealogica

Assim como no exemplo, com a sua árvore genealógica em mãos, você é capaz de saber quem veio antes de você, ou seja, todos seus ancestrais!

O motivo de toda essa pesquisa ainda não deve estar claro para você, não é? Afinal, para quê ir atrás da sua árvore? Vejamos.

Por que fazer uma árvore genealógica?

Você já deve ter notado que aqui no Brasil há uma mistura muito grande de sobrenomes. Isso se dá pois a nossa cultura não é exatamente nossa. Arrisco dizer, em tom de brincadeira, que o Brasil é o verdadeiro significado de globalização.

Além dos Pereiras e Silvas, nós também vemos sobrenomes como Bittencourt, Schmidt e Russo (que de russo não tem nada). Você sabe as origens desses sobrenomes? A origem do seu?

 

É para isso que a árvore genealógica existe, tentar trazer respostas para essas perguntas. Também, a modo de curiosidade, é iniciando a busca pelos seus ancestrais que as pessoas descobrem parentes estrangeiros, e até que possuem direito à dupla cidadania.

Como pesquisar a árvore genealógica da família

De início você precisa ir atrás das certidões que possui mais facilidade de encontrar. Comecemos perto, pais, irmãos, tios e avós. Vale a pena ressaltar que essas certidões seriam as de nascimento, casamento e óbito, para que assim você se atente aos fatos e consiga compreender como sua família se estruturou ao longo dos anos. 

Claro, alguns desses documentos são difíceis de encontrar. Contudo, o que não podemos nos esquecer é que, devido a época em que alguns de seus ascendentes nasceram, eles podem conter erros ortográficos e cronológicos! 

Não obstante, quanto mais antigos forem, mais complicados e difíceis de encontrar eles se tornam. Existem casos em que a certidão de nascimento não se encontra no cartório nem no arquivo público. Nesse caso específico, o documento de uma de nossas clientes estava nos arquivos de uma paróquia onde o ascendente nasceu.

Sendo assim, fique alerta! Ter essas datas e nome correto em mãos evita que você adicione a pessoa errada à sua árvore, o que para um futuro processo de cidadania é muito importante. 

Para mais dúvidas, assista nosso vídeo feito por um de nossos especialistas!

Qual a ordem de uma árvore genealógica?

Não é necessariamente uma ordem, você possui várias formas de começar a montar a árvore da sua família. Seja começando por você e seguindo até seus antepassados ou começando pelo familiar mais distante que você tenha conhecimento.

Você é livre para fazer do jeito que bem entender! 

Como saber seus antepassados online: sites para montar a história da família

Felizmente, estamos na era da tecnologia e isso também reflete nos processos e pesquisas que fazemos atualmente, incluindo a pesquisa pelos seus ascendentes e a criação da sua árvore genealógica! 

Hoje, com acesso à internet, você é capaz de tudo, inclusive montar uma árvore genealógica online. Você já deve até conhecer alguns dos sites que vamos citar, como o FamilySearch e My Heritage

A maioria desses sites são gratuitos e você não precisa saber muito de informática para usar as funcionalidades oferecidas. O mais interessante é que ambos possuem uma base de dados com mais de 10 bilhões de registros históricos, aumentando e muito nossas chances de preencher cada lacuna presente na árvore. 

Nós já falamos um pouco sobre onde montar sua árvore genealógica online. Se tiver interesse em descobrir suas origens através do sobrenome, não perca essa leitura. 

Quais documentos são importantes para montar a árvore genealógica?

Já citamos mais acima, mas é sempre bom relembrar. Para uma boa árvore genealógica é necessário que você tenha os seguintes documentos: 

  1. Certidões de:

1.1. Nascimento

1.2. Casamento

1.3. Óbito 

Claro que para encontrar essas informações você precisa saber onde esses documentos estão arquivados, ter o nome correto da pessoa que deseja encontrar e, acima de tudo, a região onde a pessoa morreu. Dessa forma, torna-se mais fácil (às vezes nem tanto) encontrar os documentos restantes. 

Onde encontrar os documentos dos meus ascendentes?

Você deve procurar os documentos dos seus ancestrais em arquivos nacionais, que são abertos ao público, cartórios e igrejas. A verdade é que não há um local exato para  solicitar a certidão. Esses documentos estarão em qualquer lugar que fosse responsável por registrar as pessoas na época em que seu antepassado está inserido. 

Caso for de outro país, os consulados podem te ajudar nesse quesito. Eles informam onde esses documentos podem estar. 

Pra que serve o site Arquivo Nacional?

O site https://sian.an.gov.br/ é o Sistema de Informações do Arquivo Nacional (SIAN) do Brasil. O Arquivo Nacional é uma instituição responsável pela preservação e divulgação dos documentos produzidos pelo governo federal brasileiro.

O SIAN é uma plataforma online que oferece acesso a diversos acervos digitais e informações históricas disponibilizadas pelo Arquivo Nacional. Ele tem como objetivo facilitar o acesso dos usuários a documentos históricos, contribuindo para a pesquisa, a preservação da memória nacional e a promoção do acesso à informação.

No site do SIAN, é possível encontrar uma variedade de acervos digitais, como documentos textuais, fotografias, mapas, filmes, vídeos e áudios. Esses acervos abrangem diferentes períodos da história brasileira e cobrem diversos temas, como administração pública, política, cultura, sociedade, entre outros.

Ao acessar o site, os usuários podem realizar pesquisas e consultas nos acervos disponíveis, visualizar documentos digitalizados, obter informações sobre os documentos e até mesmo solicitar reproduções de materiais específicos, quando disponíveis.

Em resumo, o site do SIAN é uma ferramenta valiosa para pesquisadores, estudantes, historiadores e qualquer pessoa interessada em explorar e acessar os documentos históricos preservados pelo Arquivo Nacional do Brasil.

Como pesquisar sua árvore genealógica e antepassados usando o Arquivo Nacional?

Para pesquisar sua árvore genealógica usando os recursos do Arquivo Nacional, você pode seguir estas etapas:

  1. Reúna informações básicas: Comece coletando todas as informações disponíveis sobre seus parentes antigos, incluindo nomes completos, datas de nascimento, casamento e óbito, locais onde viveram, ocupações e outros detalhes relevantes.
  2. Pesquise em documentos históricos: O Arquivo Nacional possui um vasto acervo de documentos históricos do governo federal brasileiro. Esses documentos podem incluir registros civis, censos, listas de imigrantes, registros militares, entre outros. Você pode fazer pesquisas nos arquivos físicos do Arquivo Nacional ou consultar os documentos digitalizados disponíveis no site do órgão.
  3. Explore documentos disponíveis online: No site do Arquivo Nacional, você encontrará uma seção chamada “Acesso à Informação”. Nessa seção, existem opções de pesquisa em bases de dados digitais, como o “Acervo do Patrimônio Documental Digitalizado”. Nesse acervo, é possível encontrar documentos de diversos períodos e temas, que podem fornecer informações relevantes para sua pesquisa genealógica.
  4. Verifique outras fontes: Além do Arquivo Nacional, existem outras instituições e bancos de dados que podem auxiliar na pesquisa genealógica no Brasil. Alguns exemplos incluem os arquivos estaduais e municipais, registros religiosos mantidos por igrejas e plataformas online dedicadas à genealogia.
  5. Consulte profissionais e especialistas: Se você encontrar dificuldades ou quiser uma pesquisa mais aprofundada, considere contratar serviços de genealogistas profissionais ou especialistas em pesquisa genealógica. Eles possuem conhecimento e acesso a recursos específicos para ajudá-lo a rastrear sua árvore genealógica.

Lembre-se de que a pesquisa genealógica pode ser um processo complexo e requer paciência. À medida que você avança em sua pesquisa, pode ser necessário combinar informações de várias fontes e realizar investigações adicionais para preencher lacunas na sua árvore genealógica.

O que fazer depois de ter montado a árvore genealógica da família?

Caso você encontre algum parente estrangeiro, italiano por exemplo, essa busca e pasta de documentos que agora você tem em mãos permitirá que um advogado ou outra pessoa capacitada os analise. 

Assim, você saberá por qual via terá direito à cidadania, seja administrativa ou judicial, e quais os próximos passos para conquistar esse direito tão longe perdido. 

O que fazer se não encontrar alguma certidão da família?

Não se preocupe! Isso pode acontecer pelo fato de que alguns documentos não eram solicitados na época, como no caso da Itália, onde ao se casar não eram necessárias certidões que comprovassem a união. 

É por isso que uma das etapas do processo de cidadania italiana é a análise de documentos, pois é nela que verificamos se todos os documentos estão corretos, se os nomes estão devidamente grafados e se não há nenhuma discrepância em relação a datas. 

Felizmente para você nós ofertamos o serviço de Pesquisa e Investigação Genealógica. Dessa forma, você não precisa tomar sustos nem esquentar a cabeça com questões burocráticas. 

Não tenha pressa

Essa investigação não é um processo rápido, pelo contrário. Lembre-se sempre que estará dependendo de outras pessoas para que sua árvore esteja finalmente pronta. A busca de documentos é uma odisséia pelas suas origens! 

Como falamos, sempre se atente aos nomes e datas, para que estejam corretas. Assim, as chances de colocar um desconhecido ou não encontrar seu parente diminuem bastante. O foco é ter calma. 

Se você chegou até aqui, quer dizer que seu interesse é grande! Descubra se você tem direito à cidadania europeia por meio de um teste de cidadania no nosso WhatsApp! 

Clique no banner e converse com o Cid, nosso robô que irá te atender.