Muitos não sabem, mas o processo de solicitação da cidadania pode ser bem longo! Por isso saber como requerer a cidadania italiana deve envolver um conhecimento sobre todos os tramites e documentações necessárias!

Buscar o máximo de informação nesse sentido pode evitar que você acabe tendo boas dores de cabeça quando o processo estiver adiantado, e até mesmo prevenir contra qualquer impedimento por parte do consulado.

Sem dúvidas o processo de obtenção da cidadania italiana pode levar um longo tempo e até mesmo exigir boas doses de paciências do solicitante, mas nada que impeça de ser bem sucedido no final das contas!

O sucesso, porém, somente poderá ser amplamente apreciado com a adoção de alguns cuidados e detalhes!

Para lhe ajudar nessa empreitada, no decorrer desse artigo você terá a oportunidade de saber um pouco melhor como tirar a sua cidadania italiana aqui no Brasil – ou até mesmo diretamente na Itália, se esse for o seu caso.

Todas as etapas e documentos necessários serão classificados no decorrer desse conteúdo e você poderá estar muito mais preparado para lidar com cada passo exigido!

Portanto, antes de arrumar suas malas, leia esse texto na integra e esteja muito mais por dentro de tudo que for necessário! Confira!

requerer a cidadania italiana – primeiramente, entenda quem tem direito!

Antes de começar a pensar nos documentos necessários para requerer a cidadania italiana é importante entender a quem ela se destina!

De forma geral, a cidadania italiana é de direito pelo que é chamado de direito de sangue (jus sanguini) – isso quer dizer que se torna absolutamente suficiente ter um ascendente de origem italiana para poder fazer a sua requisição de nacionalidade.

No caso, esse ascendente pode estar amplamente associado a pais, mães, avós e assim por diante na linhagem da sua família – o ponto, é que isso precisa ser comprovado no processo total!

Pessoas que sejam cônjuges de cidadãos italianos também entram no circuito de quem possui direito de requerer a cidadania italiana – na verdade, esses casos até mesmo podem ser classificados como mais simples do que nos casos por ascensão!

No primeiro caso indicado acima, é preciso que se realize um bom planejamento acerca da árvore genealógica para que seja possível estruturar o processo que compete à reunião dos documentos obrigatórios.

Vale salientar que, se por ventura a pessoa não tenha um ascendente italiano na sua família, o planejamento da arvore genealógica pode ser estruturado de forma a identificar um parente italiano.

Nesse sentido, é preciso que haja ao menos um indicio de que exista um descendente italiano para indicar uma linhagem – e vamos combinar que culturalmente é quase impossível não termos alguém que seja na família que não seja italiano!!

  • A cidadania italiana pode ser adquirida perante as seguintes situações:
  • Por via paterna
  • Por via materna
  • Para filhos com idade inferior à 18 anos (Você pode ler o artigo Como Funciona o passaporte Italiano para menores e ter mais detalhes sobre esse tópico)
  • Por meio de um casamento com um cônjuge italiano

É importante destacar que, o processo de obtenção da cidadania italiana para pessoas com idade inferior a 18 anos e por casamento possui um andamento diferenciado dos demais, principalmente com o que diz respeito ao prazo total!

Entenda agora o passo a passo para saber como tirar a cidadania italiana aqui no Brasil!

O processo para que se possa requerer a cidadania italiana aqui no Brasil pode ser mais demorado do que o é feito diretamente na Itália!

Na verdade, tudo isso se dá em decorrência da burocracia, que costuma ser muito mais elevada, bem como por conta da fila de solicitantes que infelizmente acabou sofrendo um grande acumulo nos últimos anos.

E sim, a fila só aumentou nos últimos tempos, e por isso ne adianta cogitar esperar mais para poder fazer o processo achando que daqui uns meses ou anos você poderá esperar menos!

Na verdade, quanto mais o tempo passada, mais os prazos acabam ficando morosos e burocráticos e por isso não tem jeito! Se você quer requerer a cidadania italiana, precisa mesmo enfrentar isso!

Veja abaixo como é se dá o processo passo a passo para solicitação da cidadania italiana no Brasil:

  • O solicitante deverá inicialmente ingressar em uma fila de espera junto ao consulado que atende a sua comarca!
  • Durante essa espera deve-se aguardar a chamada que será feita por parte do consulado, bem como organizar os documentos do processo de cidadania!
  • No momento que o consulado realizar a chamada do solicitante é importante que todos os documentos já possuam todas as traduções necessárias e também estejam juramentadas.
  • Lembre-se também que essa documentação precisa estar apostilada em um cartório habilitado para tal. Por isso, aproveite que a espera é longa para deixar tudo devidamente em ordem e garantir que você não enfrente problemas depois!
  • Depois de entregues, os documentos deverão ser avaliados pelo consulado.
  • Depois de uma avaliação minuciosa, o solicitante será comunicado acerca da aprovação ou de eventuais erros que deverão ser corrigidos o mais rápido possível. Esse é um passo que exige muita cautela, visto que todo o processo poderá ser amplamente atrasado se o consulado vier a identificar qualquer inconsistência nos documentos.
  • Depois do processo finalmente concluído, o solicitante poderá ser devidamente reconhecido como um cidadão italiano e agora sim poder fazer a emissão do seu passaporte italiano!

E na Itália? O processo de solicitação de cidadania é diferente? O que você precisa saber?

No caso do processo de obtenção da cidadania italiana diretamente na Itália pode ser mais ágil do que o que é feito por aqui no Brasil.

Isso na verdade se dá em decorrência do fato de que a demanda dos processos feitos nos órgãos italianos é inferior e por isso as filas para concessão são muito menores e mais rápidas.

Em geral, o processo quando feito diretamente na Itália pode levar mais ou menos 6 meses para ser finalizado.

Na verdade, esse tipo de solicitação é sempre mais indicado para casos de cidadania materna e paterna, pois para ambos a espera no Brasil é bastante extensa!

Já no caso dos demais processos não há qualquer impedimento de se fazer fora do Brasil, pois o período de solicitação acaba sendo relativamente o mesmo!

Para pode fazer a emissão diretamente na Itália, confira abaixo como se dá o passo a passo:

  • Primeiramente o solicitante deverá reunir todos os documentos obrigatórios e também deixa-los preparados dentro dos parâmetros que são exigidos.
  • Em seguida, o solicitante deverá viajar para a Itália e registrar uma residência por lá – aí sim ele poderá dar inicio à sua solicitação.
  • Já na Itália, o solicitante precisa aguardar que seja feita uma visita por parte de um oficial, onde será feita a validação do seu endereço.
  • Depois de feita essa validação, torna-se possível dar andamento no processo, ou seja, tirar a sua dupla cidadania!
  • É preciso que o solicitante aguarde a resposta por parte do consulado acerca da certidão de não-renúncia. Não há como pular essa etapa e por isso é preciso aguardar!
  • A certidão de não-renúncia será enviada até a residência indicada – assim que a receber o solicitante deverá providenciar a assinatura do nascimento, ou se for o caso, de matrimonio.
  • Depois de realizada a confirmação de todo o processo, será possível ao solicitante fazer a emissão de sua carteira de identidade na Itália e também solicitar o seu passaporte italiano!

Mais detalhes que são importantes – saiba quais os custos envolvidos no processo de se requerer a cidadania italiana!

Na verdade, não se pode afirmar que o valor a ser gasto será de “tanto”! Isso porque os custos podem variar em decorrência de uma somatória de fatores.

Uma das que mais pode impactar nos custos totais é justamente o fato de estabelecer por onde será feita a concessão – se da Itália ou do Brasil.

Além disso, saber quais serão os documentos solicitados, quantos serão emitidos, quais deverão ser buscados e até mesmo encontrados na Itália, e outros podem ser responsáveis por elevar os custos totais!

Para que se possa checar a um valor mais preciso é preciso que se faça um bate papo com uma assessoria que seja focada nesse tipo de serviço – isso porque um time de especialistas poderá entender melhor tudo que permeia a sua situação documental bem como atribuir os processos possíveis.

Se você fizer tudo por contra própria, fica um pouco mais difícil prever a totalidade do que eventualmente será gasto até o final do requerimento da cidadania italiana, por isso é importante estar financeiramente mais preparado para evitar contratempos!

E o pazo? Quando tempo deverei esperar?

Essa é outra dúvida bastante recorrente e para tanto é importante que você tenha em mente que o prazo total para consolidação do processo pode também ser variável.

Assim como no tópico anterior, é importante saber se o processo será feito pelo Brasil ou diretamente na Itália, pois isso pode ser um dos aspectos que mais afeta o prazo total a ser considerado.

No caso, o processo quando feito pelo Brasil pode demorar de 5 até 10 anos – e esse tempo ainda pode variar por conta do consulado italiano que estiver tocando o requerimento.

Isso porque alguns podem possuir filas muito mais extensas do que outros consulados, o que pode impactar drasticamente no tempo total de espera para ser chamado.

Já, se o processo for feito diretamente na Itália, a média de espera pode ser de seis meses para que se possa tirar a nacionalidade.

No se se requerer a cidadania italiana para menores de 18 anos, quando um dos pais ou ambos já é cidadão, o tempo de espera pode ser ainda mais rápido, sendo de apenas no máximo 90 dias.

Em casos de cônjuges, a média de espera também é relativamente muito mais ágil, podendo ser finalizada em até 3 anos – e aqui não há como acelerar fazendo diretamente na Itália, como exceção de casais que já possuem uma residência fixa no país!

E os documentos? Comece a se organizar o quanto antes!

Como você conferiu, a espera não é a das mais atraentes, e exige uma boa dose de paciência! Mas, o lado bom de ser um processo tão longo é que você terá todo o tempo do mundo para garantir que toda a documentação seja levantada sem grandes problemas!

É importante salientar que cada processo para requerer a cidadania italiana pode envolver uma lista de documentos específicos e sua reunião de forma assertiva é de suma importância em qualquer uma das circunstancias!

Para processos via paterna ou materna para pessoas com idade igual ou superior a 18 anos é importante que toda a documentação esteja pautada dentro dos padrões do consulado ou comune da Itália onde ocorre todo o processo.

Para tanto, serão necessários as seguintes certidões de linhagem por parte do solicitante até o cidadão italiano descendente:

  • Certidão de nascimento
  • Certidão de casamento
  • Certidão de óbito

Provavelmente você logo tenha pensado ao ler isso – nossa, isso vai tomar um tempo e tanto! E vai mesmo! Porque nem sempre é fácil unir esses documentos, por isso os longos prazos de espera podem acabar sendo mais aliados do que vilões!

E é importante ainda destacar que, se por ventura o cidadão italiano em questão for um bisavô, por exemplo, é preciso ainda que esses documentos também envolvam os avós.

Para poder saber a lista completa de documentos, leia o Artigo Quem tem Direito à Cidadania. Nesse conteúdo você poderá entender mais detalhes sobre como dar entrada na documentação e ainda saber se tem direito a requerer a cidadania italiana!

Agora que você já sabe mais detalhes sobre como requerer a cidadania italiana, pode adotar dois caminhos, fazer todo o processo por conta própria ou contratar uma assessoria para lhe ajudar! Aproveite todas essas dicas e já comece a sonhar com seus dias na Itália!