A certidão italiana plurilíngue é um documento com a mesma validade de outras certidões, mas em um formato diferente.

Definida pela convenção Internacional Sobre a Emissão de Certidões Multilíngues de Atos do Registro Civil, esta certidão é expedida em italiano e em francês.

Constam também os termos traduzidos para todas as línguas oficiais dos países signatários do acordo de Viena, que são:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Bósnia;
  • Herzegovina;
  • Bulgária;
  • Cabo Verde;
  • Croácia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • França;
  • Itália;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Macedônia do Norte;
  • Moldávia;
  • Montenegro;
  • o território Europeu dos Países Baixos;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • Romênia;
  • Sérvia;
  • Suíça; e
  • Turquia.

Em outras palavras, as certidões plurilíngues são válidas em todos esses países. Agora que você já está pode dentro do que esses documentos são, veja quando eles são importantes.

Em que casos elas são importantes?

Existem uma infinidade de casos que esses documentos são uma verdadeira mão na roda:

Apresentar em um dos países listados acima

As certidões plurilíngues são importantes quando é necessário apresentar documentos em qualquer um dos países signatários.

Isso porque, para estes países, não é necessária a legalização (Apostille) das certidões e nem tradução, já que este formato já estará emitido na língua oficial dos mesmos.

Esse é o documento com maior poder para comprovar a sua cidadania italiana.

A maior prova de que você é cidadão italiano é a sua certidão de nascimento transcrita. Contudo, para ter validade no exterior, precisa ser traduzida e apostilada.

Um documento em formato plurilíngue, se for apresentado em um dos países signatários, poderá comprovar sua cidadania somente com a sua certidão de nascimento italiana emitida pelo comune neste formato.

Muito simples, não é mesmo?

A certidão de casamento plurilíngue é o único que comprova o casamento em 22 países Europeus.

Caso haja a necessidade de comprovar qualquer evento da sua vida civil, já transcrito no comune na Itália, como o casamento, por exemplo, não há necessidade de apostilamento nem tradução caso essa comprovação deva ser feita em um dos países signatários do acordo.

Isso pode ser a grande diferença entre uma viagem tranquila ou uma verdadeira cilada ao chegar em um país europeu quando um dos cônjuges não seja italiano.

Se te pedirem para provar que vocês são mesmo cônjuges, como você vai fazer?

Nesses casos, somente a certidão de casamento plurilíngue te tira dessa situação.

Quando a falta da certidão plurilíngue pode ser um problema

A falta da certidão plurilíngue, pode acarretar custos excedentes de tradução e apostilamento de certidões de forma desnecessária, pois não é necessária nos países signatários do acordo de Viena.

Como emitir as certidões plurilíngues

As certidões italianas podem ser emitidas no comune, mesmo lugar onde os registros civis são emitidos na Itália.

As certidões plurilíngues têm validade?

Em tese, as certidões italianas não têm validade, mas isso vai depender das regras do órgão e do país que irá receber esta certidão.

Formulário Multilíngue e a Certidão Plurilíngue

O formulário multilíngue é um documento que pode ser anexado a qualquer documento público que não estiver redigido em uma das línguas oficiais da União Europeia, eliminando a obrigação de o cidadão apresentar uma tradução do documento público.

Sendo assim, mesmo fora dos países signatários do acordo de Viena, mas dentro da União Europeia, acompanhado do formulário multilíngue, a certidão italiana plurilíngue é válida, e não há necessidade de apostilamento e nem de tradução. Exceto em circunstâncias excecionais.

 

Pronto para solicitar sua certidão plurilíngue? Entre em contato com a Cidadania4u agora no contato@cidadania4u.com.br e não espere