A aposentadoria é um assunto que preocupa muitos trabalhadores. No Brasil e na Itália, dois países com culturas e sistemas de previdência social diferentes, existem regras específicas que definem quando e como os trabalhadores podem se aposentar.

Hoje nós conversaremos sobre a aposentadoria na Itália e como você pode usufruí-la. Acompanhe.

Como é a aposentadoria na Itália?

Chamada de Pensione di Vecchiaia, para conseguir a aposentadoria na Itália você precisa ter 20 anos de contribuição ao governo italiano.

Além de ser residente no país e ter acima de 66 anos e 7 meses de idade (o que pode variar do setor em que costumava trabalhar).

O órgão vinculado a esse teor é o Instituto Nazionale della Previdenza Sociale, INPS. É importante saber, também, que a aposentadoria na Itália é financiada principalmente por contribuições obrigatórias dos empregadores e empregados, bem como por contribuições voluntárias adicionais. 

Quem tem direito à aposentadoria na Itália?

Como vimos acima, para ter direito à aposentadoria na Itália você precisa cumprir 4 requisitos: 

  1. Ser residente na Itália;
  2. Ter ao menos 20 de contribuição ao governo italiano;
  3. Possuir 66 anos e 7 meses de idade, para homens e mulheres;
  4. Não ter vínculo empregatício.

Os trabalhadores autônomos e empresários também podem se aposentar na Itália, desde que tenham contribuído para o sistema de previdência social italiano por um período mínimo de 20 anos.

Qual a idade mínima para aposentadoria na Itália?

A idade mínima para se aposentar na Itália depende do tipo de aposentadoria que o trabalhador deseja solicitar. Atualmente, existem três tipos de aposentadoria na Itália: aposentadoria por idade, antecipada e por tempo de contribuição.

Aposentadoria por idade

Para a aposentadoria por idade, a idade mínima atual na Itália é de 67 anos para homens e mulheres. Isso significa que os trabalhadores que atingirem essa idade podem solicitar a aposentadoria, desde que tenham contribuído para o sistema de previdência social italiano por pelo menos 20 anos.

Aposentadoria antecipada

Para a aposentadoria antecipada, os trabalhadores podem solicitar aposentadoria a partir dos 63 anos de idade, desde que tenham contribuído para o sistema de previdência social italiano. No entanto, essa opção pode levar a um corte no valor da aposentadoria.

Aposentadoria por tempo de contribuição

Por fim, a aposentadoria por tempo de contribuição exige que os trabalhadores tenham contribuído para o sistema de previdência social italiano por um período mínimo de 35 anos para homens e 31 anos para mulheres, sem nenhuma exigência de idade mínima.

Consulado italiano de Curitiba: tudo o que você precisa saber

Sobrenomes italianos: os mais populares

Qual valor da aposentadoria italiana?

O valor da aposentadoria na Itália pode variar dependendo de vários fatores, como o tempo de contribuição, o valor das contribuições, a idade e o tipo de aposentadoria que o trabalhador solicita.

Atualmente, o valor máximo da aposentadoria na Itália é de cerca de 3.200 euros por mês, 18.220 reais aproximadamente. No entanto, a maioria das aposentadorias na Itália é muito menor do que esse valor máximo, com muitos aposentados recebendo cerca de mil a 1.500 euros por mês.

Qual o tempo mínimo de contribuição para aposentadoria italiana?

Como vimos acima, o tempo mínimo de contribuição para a aposentadoria italiana é de 20 anos. Isso significa que, para ser elegível para a aposentadoria na Itália, o trabalhador deve ter contribuído para o sistema de previdência social italiano por pelo menos 20 anos. 

Claro, esse tempo pode variar de acordo com o tipo de aposentadoria que você irá solicitar, mas a “regra” são duas décadas completas.

Sou brasileiro e trabalhei na Itália, posso me aposentar lá?

Sim. Acontece que existe um acordo bilateral entre as previdências aqui do Brasil e da Itália, fazendo com que um brasileiro possa se aposentar em território italiano somando o tempo de contribuição nos dois países. Ou seja, sua contribuição ao INSS não será perdida.

Uma dica se você pretende se mudar para a Itália e, quem sabe, se aposentar no país da bota é: continue pagando o INSS no Brasil, assim você irá reduzir o tempo de contribuição na Itália e aproveitar de uma aposentadoria em um dos melhores países da União Europeia.

Qual país se aposenta mais cedo?

Em geral, é possível dizer que a idade mínima de aposentadoria na Itália é mais alta do que no Brasil. No entanto, a aposentadoria antecipada é uma opção no país italiano, dependendo do tempo de contribuição e da categoria profissional.

Ou seja, o país também pode permitir que alguns trabalhadores se aposentem mais cedo.

Mas veja que a diferença de idade para se aposentar não é discrepante: no Brasil, a idade mínima de aposentadoria é de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.

Enquanto na Itália nós vimos que a idade mínima de aposentadoria é de 67 anos para homens e mulheres.

Esteja sempre antenado aos seus direitos

A aposentadoria é um tema importante e delicado em qualquer país do mundo. É importante que os trabalhadores estejam cientes dos requisitos e procedimentos de aposentadoria em seu país de origem e, se necessário, busquem orientação de especialistas para tomar decisões informadas sobre o futuro de suas finanças pessoais.

E nós da Cidadania4u contamos com os melhores especialistas do mercado! Clique no banner abaixo e saiba se você tem direito ou não de aproveitar a aposentadoria italiana.